Noticias
'Farei mudanças na rotina da Lava Jato da PGR', diz Carlos Frederico
  • 'Farei mudanças na rotina da Lava Jato da PGR', diz Carlos Frederico

O procurador Carlos Frederico Santos, candidato a procurador geral da República, acredita que os processos da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF) não tem tido êxito e estão carentes em termos de condenações. 

 

"Farei mudanças na Lava Jato da PGR, na rotina de trabalho e na assessoria, buscando otimizar seus resultados, para que seja efetivamente produtiva”, afirmou ao blog. 

 

Carlos Frederico é um dos oito candidatos a lista tríplice organizada pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR). 

 

Marcada para o dia 27 deste mês, a eleição contará com os votos de cerca de 1300 procuradores para escolher os três principais nomes a sucessor de Rodrigo Janot, que deixa o cargo em setembro.

 

A sequência de três nomes será enviada ao presidente Michel Temer no momento em que ele é investigado na própria PGR pelos crimes de corrupção passiva, obstrução de justiça e organização criminosa. 

 

Apesar de poder escolher qualquer um dos três nomes, o primeiro da lista tem sido conduzido para liderar a PGR desde o governo Lula.

 

Carlos Frederico sempre esteve na oposição a Janot, procurador geral que assumiu o cargo em 2013 e comandou a Lava Jato desde o seu nascimento.

 

Ao blog, ele afirmou, contudo, que dará todo o apoio para que a Operação em Curitiba continue dando respostas eficazes para a sociedade. 

 

A seguir, a entrevista com o procurador que ingressou no Ministério Público em 1987:

 

Blog- Na sua opinião a Lava Jato precisa de algum aperfeiçoamento ou mudança de métodos? O senhor pretende alterar procedimentos? Quais?

 

Carlos Frederico Santos - Enquanto a Lava-Jato de Curitiba tem mostrado sua eficácia, a Lava Jato da Procuradoria Geral da República, ou seja, aquela que atua junto ao Supremo Tribunal Federal, não tem conseguido levar a êxito seu trabalho, carente que está em termos de condenações.

Darei todo o apoio necessário  para que a Lava Jato de Curitiba continue dando respostas eficazes para a sociedade. 

Farei mudanças na Lava Jato da PGR, na rotina de trabalho e na assessoria, buscando otimizar seus resultados, para que seja efetivamente produtiva.

 

Blog - O Ministério Público já foi criticado por excessos na operação. Qual a sua avaliação dessas críticas e do andamento da Lava Jato?

 

Carlos Frederico Santos - O descontentamento de investigados é um fato natural. A Lava-Jato de Curitiba adotou o caminho do meio. Já a Lava-Jato da Procuradoria Geral da Republica demonstra não ter adotado esse caminho, tem tomado medidas que nem a própria sociedade tem aprovado, as quais sequer produziram condenações.

 

Blog - Que outros focos, além do combate à corrupção, sua gestão promete tocar?

 

Carlos Frederico Santos - Precisamos lembrar que o Ministério Público não se encerra na sua atuação criminal. Como prevê a Constituição Federal de 1988, tem atuação muito mais ampla e abrangente nas mais diversas áreas.

Dessa forma, pretendo dar relevo, também, ao trabalho na área da tutela coletiva, no que destaco fiscalizar, estabelecer ou provocar a adequação de políticas públicas, inclusive com o uso de ativos financeiros recuperados pelas forças tarefa da área criminal. 

 

Blog -Qual a sua opinião sobre o abuso de poder? Mesmo deixando de lado o caráter político da questão como está colocada hoje, como evitar que autoridades do MP abusem de seu poder?

 

Carlos Frederico Santos - O controle para se evitar o abuso de poder já existe, seja pelos conselhos, como o Conselho Nacional do Ministério Público, seja pelas leis hoje existentes. Mas se o Congresso Nacional busca uma outra forma de controle dentro das atribuições de legislador que o faça amadurecendo o debate com as diversas categorias atingidas pelo ordenamento legal que se pretende estabelecer.

 

Blog - Qual é a sua proposta para evitar divergências entre MP e PF nos procedimentos investigatórios?

 

Carlos Frederico Santos - Acredito nos lemas "Eficiência e Eficácia" e "Diálogo e Cooperação". Pretendo evitar divergências e separações, buscando a soma de esforços na realização de um trabalho em prol da sociedade brasileira.

G1/Liberdade FM - Foto - Divulgação

16/06/2017/ 10:14:53
Outras Notícias
  • Horário de verão termina neste fim de semana
Horário de verão termina neste fim de semana
17/02/2018/ 07:42:24

horário de verão, em vigor desde outubro do ano passado, acaba na primeira hora deste domingo (18). À meia-noite entre sábado e domingo, os moradores de 10 estados e do Distrito Federal devem atrasar o relógio em uma hora.O ajuste vale para as regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste (São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Ger...

  • Nick Foles renasce, bate Tom Brady em jogo histórico e Eagles leva o Super Bowl
Nick Foles renasce, bate Tom Brady em jogo histórico e Eagles leva o Super Bowl
05/02/2018/ 10:10:56

EUA - Uma redenção multiplicada por milhares de corações de torcedores à espera do inédito título do Super Bowl. Desde a ressurreição do quarterback Nick Foles, passando pela implacável lei do ex-jogador até o maior dos adversários a se enfrentar. Foi assim que o Philadelphia Eagles comemorou sua primeira conquista ...

  • Volta às aulas 2018!
Volta às aulas 2018!
05/02/2018/ 10:03:41

PATROCÍNIO - As aulas da rede de ensino municipal têm inicio nessa segunda-feira (5), e para começar o ano letivo de 2018 com o pé direito, a Secretaria Municipal de Obras iniciou o trabalho para revitalização de todos os educandários municipais, atendendo a uma determinação do Prefeito Deiró Marra. A reforma d...

  • Meirelles diz que país está longe de cortar benefícios previdenciários
Meirelles diz que país está longe de cortar benefícios previdenciários
05/02/2018/ 09:55:25

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse neste domingo (4), que o Brasil ainda está longe de ser obrigado a reduzir valores ou cortar benefícios previdenciários, como aposentadorias e pensões, mas que mudanças na legislação são necessárias para evitar que a Previdência quebre, como já ocorreu em outros paíse...

  • Cartórios de todo o Brasil poderão emitir RG e passaportes
Cartórios de todo o Brasil poderão emitir RG e passaportes
05/02/2018/ 09:53:03

Já é possível aos cartórios brasileiros dar início ao processo para que emitam carteira de identidade e passaportes para cidadãos brasileiros. A prestação desse serviço requer, no caso da emissão de registro de identidade (RG), que a associação local dos cartórios formalize convênio com a Secretaria de Segurança Púb...

  • Jovens reclamam de pedido de experiência para 1º emprego
Jovens reclamam de pedido de experiência para 1º emprego
05/02/2018/ 09:51:24

Concluir um curso profissionalizante ou uma graduação não basta na hora de conseguir emprego. Além dos cursos, o mercado exige experiência, cuja falta é apontada por 77% dos jovens como a maior dificuldade na hora de conseguir uma vaga de emprego formal, segundo o levantamento Acreditamos nos Jovens, feito pela empr...