Noticias
'Farei mudanças na rotina da Lava Jato da PGR', diz Carlos Frederico
  • 'Farei mudanças na rotina da Lava Jato da PGR', diz Carlos Frederico

O procurador Carlos Frederico Santos, candidato a procurador geral da República, acredita que os processos da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF) não tem tido êxito e estão carentes em termos de condenações. 

 

"Farei mudanças na Lava Jato da PGR, na rotina de trabalho e na assessoria, buscando otimizar seus resultados, para que seja efetivamente produtiva”, afirmou ao blog. 

 

Carlos Frederico é um dos oito candidatos a lista tríplice organizada pela Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR). 

 

Marcada para o dia 27 deste mês, a eleição contará com os votos de cerca de 1300 procuradores para escolher os três principais nomes a sucessor de Rodrigo Janot, que deixa o cargo em setembro.

 

A sequência de três nomes será enviada ao presidente Michel Temer no momento em que ele é investigado na própria PGR pelos crimes de corrupção passiva, obstrução de justiça e organização criminosa. 

 

Apesar de poder escolher qualquer um dos três nomes, o primeiro da lista tem sido conduzido para liderar a PGR desde o governo Lula.

 

Carlos Frederico sempre esteve na oposição a Janot, procurador geral que assumiu o cargo em 2013 e comandou a Lava Jato desde o seu nascimento.

 

Ao blog, ele afirmou, contudo, que dará todo o apoio para que a Operação em Curitiba continue dando respostas eficazes para a sociedade. 

 

A seguir, a entrevista com o procurador que ingressou no Ministério Público em 1987:

 

Blog- Na sua opinião a Lava Jato precisa de algum aperfeiçoamento ou mudança de métodos? O senhor pretende alterar procedimentos? Quais?

 

Carlos Frederico Santos - Enquanto a Lava-Jato de Curitiba tem mostrado sua eficácia, a Lava Jato da Procuradoria Geral da República, ou seja, aquela que atua junto ao Supremo Tribunal Federal, não tem conseguido levar a êxito seu trabalho, carente que está em termos de condenações.

Darei todo o apoio necessário  para que a Lava Jato de Curitiba continue dando respostas eficazes para a sociedade. 

Farei mudanças na Lava Jato da PGR, na rotina de trabalho e na assessoria, buscando otimizar seus resultados, para que seja efetivamente produtiva.

 

Blog - O Ministério Público já foi criticado por excessos na operação. Qual a sua avaliação dessas críticas e do andamento da Lava Jato?

 

Carlos Frederico Santos - O descontentamento de investigados é um fato natural. A Lava-Jato de Curitiba adotou o caminho do meio. Já a Lava-Jato da Procuradoria Geral da Republica demonstra não ter adotado esse caminho, tem tomado medidas que nem a própria sociedade tem aprovado, as quais sequer produziram condenações.

 

Blog - Que outros focos, além do combate à corrupção, sua gestão promete tocar?

 

Carlos Frederico Santos - Precisamos lembrar que o Ministério Público não se encerra na sua atuação criminal. Como prevê a Constituição Federal de 1988, tem atuação muito mais ampla e abrangente nas mais diversas áreas.

Dessa forma, pretendo dar relevo, também, ao trabalho na área da tutela coletiva, no que destaco fiscalizar, estabelecer ou provocar a adequação de políticas públicas, inclusive com o uso de ativos financeiros recuperados pelas forças tarefa da área criminal. 

 

Blog -Qual a sua opinião sobre o abuso de poder? Mesmo deixando de lado o caráter político da questão como está colocada hoje, como evitar que autoridades do MP abusem de seu poder?

 

Carlos Frederico Santos - O controle para se evitar o abuso de poder já existe, seja pelos conselhos, como o Conselho Nacional do Ministério Público, seja pelas leis hoje existentes. Mas se o Congresso Nacional busca uma outra forma de controle dentro das atribuições de legislador que o faça amadurecendo o debate com as diversas categorias atingidas pelo ordenamento legal que se pretende estabelecer.

 

Blog - Qual é a sua proposta para evitar divergências entre MP e PF nos procedimentos investigatórios?

 

Carlos Frederico Santos - Acredito nos lemas "Eficiência e Eficácia" e "Diálogo e Cooperação". Pretendo evitar divergências e separações, buscando a soma de esforços na realização de um trabalho em prol da sociedade brasileira.

G1/Liberdade FM - Foto - Divulgação

16/06/2017/ 10:14:53
Outras Notícias
  • Brasil vence a Costa Rica com gols no fim e desencanta na Copa
Brasil vence a Costa Rica com gols no fim e desencanta na Copa
22/06/2018/ 13:25:25

Com muito drama, muita dificuldade e tensão o Brasil conquistou sua primeira vitória na Copa do Mundo da Rússia na manhã desta sexta-feira (22). Superando uma barreira de forte marcação da Costa Rica, a Seleção Brasileira venceu por 2 a 0 em São Petersburgo e assumiu a liderança provisória do Grupo E com quatro pont...

  • Puxada por greve, energia e gasolina, prévia do IPCA atinge 1,37%
Puxada por greve, energia e gasolina, prévia do IPCA atinge 1,37%
22/06/2018/ 13:23:55

A disparada do preço da gasolina nos postos de combustível, principalmente após o término da greve dos caminhoneiros, e a alta da tarifa de energia elétrica levaram a prévia da inflação oficial na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) a atingir neste mês o maior percentual desde 2012 entre as 11 áreas pesqui...

  • Em nova fase, 'Lava Jato' prende ex-diretor da Petroquisa
Em nova fase, 'Lava Jato' prende ex-diretor da Petroquisa
22/06/2018/ 13:22:47

Foi deflagrada na quinta-feira (21) a Operação Greenwich, 52.ª fase da 'Lava Jato', para a apuração de crimes contra subsidiárias da Petrobras. Entre os presos está o ex-diretor de Novos Negócios da Petrobras Química S/A (Petroquisa) Djalma Rodrigues de Souza. A prisão preventiva foi autorizada pelo juiz da 13.ª Var...

  • Caixa volta atrás e mantém pagamento de conta de luz em lotéricas, por enquanto
Caixa volta atrás e mantém pagamento de conta de luz em lotéricas, por enquanto
22/06/2018/ 13:21:26

A Caixa Econômica Federal voltou atrás e enviou comunicado aos lotéricos informando que eles poderão manter o pagamento de boletos da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). Na mensagem, o banco público informa que abriu negociações com a Cemig e que, enquanto elas não forem concluídas, o pagamento poderá...

  • Aprovado em exames, Emre Can assina contrato de quatro anos com a Juventus
Aprovado em exames, Emre Can assina contrato de quatro anos com a Juventus
22/06/2018/ 13:19:32

Pouco depois de ser aprovado em exames médicos realizados horas mais cedo, o meio-campista Emre Can assinou contrato de quatro anos com a Juventus nesta quinta-feira (21). O jogador alemão terminará de cumprir o seu contrato com o Liverpool no próximo dia 30 e, consequentemente, ficará livre para atuar pela sua nova...

  • Brasileiro trabalha 4 vezes mais que alemão pra comprar camisa da Seleção, aponta pesquisa
Brasileiro trabalha 4 vezes mais que alemão pra comprar camisa da Seleção, aponta pesquisa
22/06/2018/ 13:17:45

SÓCHI (Rússia) - A Seleção Brasileira e o time da Alemanha já podem se enfretar logo de cara nas oitavas da Copa do Mundo, fazendo um "revival" dos 7 a 1. Mas, antes desta possível vingança, o Brasil levou outra goleada dos germânicos. Utilizando o salário mínimo como base, um estudo chegou à conclusão: o brasileir ...