Noticias
Justiça ordena prisão preventiva para empresários da Odebrecht
  • Justiça ordena prisão preventiva para empresários da Odebrecht

Quatro executivos e ex-executivos de grandes construtoras peruanas que foram sócias da brasileira Odebrecht ficarão sob prisão preventiva, acusados de subornar o ex-presidente Alejandro Toledo em troca do contrato de uma obra pública, determinou um tribunal.

"Este gabinete considera que existem os ingredientes de perigo de fuga e obstrução à justiça (...) É proporcional aplicar a prisão preventiva de 18 meses aos quatro investigados", disse o juiz Richard Concepción Carhuancho em uma audiência na madrugada de segunda-feira.

Na investigação estão envolvidas três das maiores construtoras do Peru: Graña e Montero, JJ Camet e ICCGSA, que trabalharam em consórcio com a Odebrecht. A Graña é uma empresa com cotações tanto na Bolsa de Lima como na de Nova York.

Pela Graña e Montero foram presos José Alejandro Graña Miró Quesada e Hernando Alejandro Graña Acuña. Pela JJ Camet o empresário Fernando Gonzalo Camet Piccone e pela ICCGSA, José Fernando Castillo Dibós.

Gonzalo Ferraro Rey, também da Graña e Montero, ficará em prisão domiciliar em uma clínica, em consequência do tratamento contra o câncer.

De acordo com a acusação, as empresas peruanas, ao lado da Odebrecht, dividiram o pagamento de um suborno de 20 milhões de dólares ao ex-presidente Alejandro Toledo (2001-2006) em troca da vitória em uma licitação para a construção dos trechos 2 e 3 da estrada interoceânica, que une liga o Peru ao Brasil.

"Se conclui com alta probabilidade a responsabilidade em conluio dos investigados", afirmou o juiz Richard Concepción. Ele considerou que os empresários prejudicaram a transparência de uma obra de grande envergadura.

As acusações são de conluio e lavagem de dinheiro. A decisão pela prisão preventiva foi motivada pelo possível risco de fuga dos implicados. As empresas peruanas teriam colaborado com 15 dos 20 milhões do suborno, segundo as investigações.

Jorge Barata, ex-representante da Odebrecht no Peru, revelou o pagamento como parte de um acordo de delação premiada, segundo a Promotoria.

O juiz do caso, Hamilton Castro, explicou que as construtoras peruanas disfarçaram o pagamento de suborno através de uma cessão de utilidades a Odebrecht, como reembolso pelodinheiro que a empreiteira brasileira já havia repassado a Toledo.

"Deram uma nuance, uma roupagem de algo lícito, quando na verdad não era", disse o promotor Marcial Paucar, que integra a equipe peruana responsável por investigar o alcance da operação Lava Jato no país.

Os advogados dos empresários investigados apelaram contra a decisão, mas anunciaram que seus clientes seguirão voluntariamente ao tribunal para que sejam levados à prisão.

Odebrecht, peça central nas investigações da operação Lava Jato, admite que pagou no Peru subornos que alcança, 29 milhões de dólares entre 2005 e 2014.


O Tempo/Liberdade FM - Foto - Divulgação

04/12/2017/ 09:36:36
Outras Notícias
  • Ações sobre Lula terão sentença até 2018
Ações sobre Lula terão sentença até 2018
04/12/2017/ 10:04:21

Embora um dos principais obstáculos para disputar as eleições presidenciais do próximo ano seja uma possível condenação em segunda instância no processo do tríplex do Guarujá (SP), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ainda enfrentará outras batalhas jurídicas até outubro de 2018.O jornal O Estado de S. Paulo a...

  • Cruzeiro empata com Botafogo e termina em quinto
Cruzeiro empata com Botafogo e termina em quinto
04/12/2017/ 10:03:16

Na despedida da temporada, o Cruzeiro empatou com o Botafogo no Rio de Janeiro por 2 a 2, em jogo movimentado no estádio Nilton Santos, o popular Engenhão.Com o resultado, a equipe do técnico Mano Menezes encerrou o Campeonato Brasileiro da série A na quinta colocação, com 57 pontos, e a  melhor campanha do seg...

  • EUA e Coreia do Sul iniciam manobras aéreas conjuntas
EUA e Coreia do Sul iniciam manobras aéreas conjuntas
04/12/2017/ 10:02:00

stados Unidos e Coreia do Sul iniciaram nesta segunda-feira (4) um grande exercício aéreo conjunto poucos dias depois do lançamento de um míssil intercontinental norte-coreano. A operação foi considerada por Pyongyang de "provocação total".O exercício de cinco dias, batizado de Vigilant Ace, envolve mais de 230 aviõ...

  • ADVOGADOS PEDEM PRISÃO DE FERNANDO COLLOR
ADVOGADOS PEDEM PRISÃO DE FERNANDO COLLOR
04/12/2017/ 09:53:32

O senador e ex-presidente Fernando Collor de Mello vai ter a prisão pedida e não é por conta das investigações da Lava-Jato. Mas pelo não pagamento de pensão à ex-mulher, Rosane Malta.Collor tem, por determinação judicial, até o primeiro dia útil do mês para depositar o valor de cerca de R$ 28 mil para Rosane. O que...

  • Governo derruba liminar que impedia publicidade da reforma da Previdência
Governo derruba liminar que impedia publicidade da reforma da Previdência
04/12/2017/ 09:50:37

O governo conseguiu derrubar a liminar que suspendia a publicidade da reforma da Previdência. A decisão é do presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, desembargador federal Hilton Queiroz, que atendeu aos argumentos da Advocacia-Geral da União (AGU). Na decisão, o desembargador diz que a suspensão da pro...

  • Bombeiro furta caminhão e tenta invadir a Esplanada dos Ministérios
Bombeiro furta caminhão e tenta invadir a Esplanada dos Ministérios
04/12/2017/ 09:49:02

Um caminhão do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal teve que ser interceptado a tiros na madrugada deste domingo (3) ao tentar cruzar em alta velocidade, a Via Estrutural, sentido Congresso Nacional. A ação aconteceu quando a viatura já estava na Esplanada dos Ministérios, pouco depois da Catedral Metropolitana.Se...