Noticias
Justiça ordena prisão preventiva para empresários da Odebrecht
  • Justiça ordena prisão preventiva para empresários da Odebrecht

Quatro executivos e ex-executivos de grandes construtoras peruanas que foram sócias da brasileira Odebrecht ficarão sob prisão preventiva, acusados de subornar o ex-presidente Alejandro Toledo em troca do contrato de uma obra pública, determinou um tribunal.

"Este gabinete considera que existem os ingredientes de perigo de fuga e obstrução à justiça (...) É proporcional aplicar a prisão preventiva de 18 meses aos quatro investigados", disse o juiz Richard Concepción Carhuancho em uma audiência na madrugada de segunda-feira.

Na investigação estão envolvidas três das maiores construtoras do Peru: Graña e Montero, JJ Camet e ICCGSA, que trabalharam em consórcio com a Odebrecht. A Graña é uma empresa com cotações tanto na Bolsa de Lima como na de Nova York.

Pela Graña e Montero foram presos José Alejandro Graña Miró Quesada e Hernando Alejandro Graña Acuña. Pela JJ Camet o empresário Fernando Gonzalo Camet Piccone e pela ICCGSA, José Fernando Castillo Dibós.

Gonzalo Ferraro Rey, também da Graña e Montero, ficará em prisão domiciliar em uma clínica, em consequência do tratamento contra o câncer.

De acordo com a acusação, as empresas peruanas, ao lado da Odebrecht, dividiram o pagamento de um suborno de 20 milhões de dólares ao ex-presidente Alejandro Toledo (2001-2006) em troca da vitória em uma licitação para a construção dos trechos 2 e 3 da estrada interoceânica, que une liga o Peru ao Brasil.

"Se conclui com alta probabilidade a responsabilidade em conluio dos investigados", afirmou o juiz Richard Concepción. Ele considerou que os empresários prejudicaram a transparência de uma obra de grande envergadura.

As acusações são de conluio e lavagem de dinheiro. A decisão pela prisão preventiva foi motivada pelo possível risco de fuga dos implicados. As empresas peruanas teriam colaborado com 15 dos 20 milhões do suborno, segundo as investigações.

Jorge Barata, ex-representante da Odebrecht no Peru, revelou o pagamento como parte de um acordo de delação premiada, segundo a Promotoria.

O juiz do caso, Hamilton Castro, explicou que as construtoras peruanas disfarçaram o pagamento de suborno através de uma cessão de utilidades a Odebrecht, como reembolso pelodinheiro que a empreiteira brasileira já havia repassado a Toledo.

"Deram uma nuance, uma roupagem de algo lícito, quando na verdad não era", disse o promotor Marcial Paucar, que integra a equipe peruana responsável por investigar o alcance da operação Lava Jato no país.

Os advogados dos empresários investigados apelaram contra a decisão, mas anunciaram que seus clientes seguirão voluntariamente ao tribunal para que sejam levados à prisão.

Odebrecht, peça central nas investigações da operação Lava Jato, admite que pagou no Peru subornos que alcança, 29 milhões de dólares entre 2005 e 2014.


O Tempo/Liberdade FM - Foto - Divulgação

04/12/2017/ 09:36:36
Outras Notícias
  • Licenças sem justificativa custam ao Senado quase R$ 1,5 milhão em 3 anos, aponta levantamento
Licenças sem justificativa custam ao Senado quase R$ 1,5 milhão em 3 anos, aponta levantamento
18/05/2018/ 10:06:16

Em pouco mais de três anos da atual legislatura, quase todos os senadores utilizaram a chamada "licença para atividade parlamentar", que permite faltar a uma sessão deliberativa sem apresentar justificativa e sem desconto no salário.Segundo levantamento do G1, nesse período, 76 senadores atualmente no exercício...

  • Platini cita
Platini cita "pequena trapaça" para que França pegasse Brasil na final em 1998
18/05/2018/ 09:53:36

A derrota do Brasil para a França na final da Copa do Mundo de 1998, com o mistério sobre o mal estar de Ronaldo horas antes, já foi motivo para suspeitas e muitas teorias de conspiração desde então. E Michel Platini confirmou que houve uma "pequena trapaça" por parte da organização daquele Mundial - mas muito antes...

  • Príncipe Charles levará Meghan Markle ao altar
Príncipe Charles levará Meghan Markle ao altar
18/05/2018/ 09:51:31

O príncipe Charles, pai do príncipe Harry, levará a atriz Meghan Markle até o filho no altar da capela do Castelo de Windsor no próximo sábado (19). Harry e Meghan se casarão diante de 600 convidados na capela de São Jorge.Até o momento não se sabia quem levaria Meghan até o altar, porque se...

  • Ao decretar prisão de Dirceu, juíza alerta para 'processos sem fim'
Ao decretar prisão de Dirceu, juíza alerta para 'processos sem fim'
18/05/2018/ 09:49:30

Ao mandar prender o ex-ministro José Dirceu (Casa Civil/Governo Lula), a juíza Gabriela Hardt, substituta do juiz Sérgio Moro, afirmou que "a execução após a condenação em segundo grau impõe-se sob pena de dar causa a processos sem fim e a, na prática, impunidade de sérias condutas criminais". A magistrada determino...

  • Estudantes têm até hoje para se inscrever no Enem; prova será em novembro
Estudantes têm até hoje para se inscrever no Enem; prova será em novembro
18/05/2018/ 09:47:56

Termina nesta sexta-feira (18) às 23h59 (horário de Brasília) o prazo para os estudantes se inscreverem no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2018. As inscrições são feitas pela internet, na página do participante.Mesmo os candidatos que pediram a isenção da taxa do Enem devem fazer a inscrição para a prova. P...

  • Principal alvo de megaoperação contra pedofilia é preso em Uberlândia
Principal alvo de megaoperação contra pedofilia é preso em Uberlândia
18/05/2018/ 09:45:28

A Polícia Civil prendeu  na manhã de hoje (17), em Uberlândia, no Triângulo Mineiro, o alvo número um da operação Luz da Infância 2, que ocorre em 24 Estados e no Distrito Federal. O homem de alto poder aquisitivo é advogado e tem 26 anos. De acordo com a polícia, com ele foram encontrados pelo menos,...