Gospel
Países islâmicos exigem que ONU reconheça Palestina e divida Jerusalém
  • Países islâmicos exigem que ONU reconheça Palestina e divida Jerusalém

A Liga Árabe, união política de 22 nações de governo islâmico, está preparando uma “ofensiva diplomática” cujo objetivo é fazer a Organização das Nações Unidas (ONU) reconhecer a Palestina como nação. Isso incluiria decretar Jerusalém Oriental como sua capital, afirmou o ministro das Relações Exteriores da Jordânia, Ayman Safadi.

Os chanceleres de Egito, Marrocos, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos, Palestina e Jordânia reuniram-se em Omã. O objetivo é gerar um movimento de oposição à decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de reconhecer Jerusalém como capital de Israel. Eles sabem que o domínio islâmico na ONU está consolidado, tendo em vista as constantes resoluções aprovadas na entidade contra Israel.

A questão da mudança de status de Jerusalém já foi votada no Conselho de Segurança da ONU em 18 de dezembro, quando Washington precisou usar seu poder de veto. O assunto foi levado para a Assembleia Geral da ONU, onde 128 países decidiram torná-la “nula e sem efeito”. Mesmo assim, Trump não voltou atrás.

Após o encontro deste sábado (6) o secretário-geral da Liga Árabe, Ahmed Abul Gheit anunciou a realização de uma “reunião ministerial ampliada” no fim de janeiro. Por sua vez, o rei Abdullah II, da Jordânia, disse que a questão de Jerusalém é fundamental para “um acordo de paz justo e duradouro” entre palestinos e israelenses. Para ele, a mediação dos EUA está ameaçada pelo viés israelense demonstrado pelo atual presidente, mas não disse que poderia assumir esse papel.

A Jordânia é o país responsável por atuar como “guardiã dos lugares sagrados do Islã” e desde 1967 tem o controle do Monte do Templo. Para os jordanianos, a decisão de Trump é “uma violação do direito internacional”. O ministro Safadi insiste que “segundo as leis internacionais, Jerusalém é um território ocupado”.

“Tentaremos obter (…) [na ONU] o reconhecimento de um Estado palestino, com Jerusalém Oriental como sua capital, obedecendo a delimitação das fronteiras de junho de 1967”, afirmaram os representantes da Liga Árabe. A posição anunciada agora repete o que foi decidido na cúpula extraordinária da Organização para a Cooperação Islâmica (OCI), em Istambul, dia 13 de dezembro, sob a liderança do presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan.

Atualmente, a Palestina, um estado não contíguo, que reúne a Faixa de Gaza e a Cisjordânia, possui o status de “estado observador” e não é reconhecida como nação pela maioria dos países. O Brasil foi o primeiro país não islâmico a hospedar uma embaixada pelestina em seu território.

O reconhecimento pela ONU da Palestina como uma nação independente resultaria em uma disputa armada pelos territórios disputados com Israel. Caso sejam observadas as linhas de demarcação de 1967, Jerusalém seria necessariamente dividida em duas.

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu já declarou diversas vezes que seu país não abriria mão de Jerusalém, que completou 50 anos de unificação em 2017. Após o final da Guerra dos Seis Dias, em 1967, Israel retomou da Jordânia a porção ocidental da cidade. Com informações de Times of Israel

Gospel Prime/Liberdade FM - Foto - Divulgação

08/01/2018/ 09:33:59
Outras Notícias
  • Justin Bieber surpreende e leva fãs a adorarem a Deus no festival Coachella
Justin Bieber surpreende e leva fãs a adorarem a Deus no festival Coachella
19/04/2018/ 09:16:08

O astro pop Justin Bieber fez uma aparição surpresa neste final de semana no festival de música Coachella, na Califórnia. Durante o evento que mais atraiu celebridades musicais este ano, o cantor não fazia parte da lista oficial de apresentações, mas ele subiu ao palco para um show improvisado em um evento paralelo,...

  • Jozyanne denuncia ideologia de gênero em brinquedos do Burger King
Jozyanne denuncia ideologia de gênero em brinquedos do Burger King
19/04/2018/ 09:14:14

A novela ‘ideologia de gênero’ ganhou mais um capítulo nos últimos dias. A rede de restaurantes Burger King voltou a criar polêmica ao distribuir nos combos de lanche infantil, brinquedos que podem sutilmente mudar de gênero. A cantora Josyanne divulgou em suas redes sociais uma denúncia à lanchonete.De acordo com a...

  • “Anjos” e treinamento ajudam piloto a salvar voo da Southwest
“Anjos” e treinamento ajudam piloto a salvar voo da Southwest
19/04/2018/ 09:12:33

O voo 1380 da companhia Southwest Airlines, entre Nova York e Dallas foi forçado a fazer pouso de emergência, nesta terça-feira (17). Segundo autoridades de aviação, um dos motores explodiu, rompendo uma janela, matando uma passageira que estava sentado ao lado da asa do avião.Por causa dos problemas na fuselagem qu...

  • Editora Betel se estabelece e prepara novos lançamentos
Editora Betel se estabelece e prepara novos lançamentos
19/04/2018/ 09:10:36

Acreditando que cada livro é uma semente pronta para brotar no coração e mente das pessoas, a Editora Betel, fundada em maio de 1991, investe cada dia mais em literatura cristã de qualidade, promovendo integração, fortalecimento e crescimento do Reino de Deus através da palavra.A empresa foi fundada pela Convenção N...

  • Israel faz 70 anos, como “cumprimento da grande profecia”
Israel faz 70 anos, como “cumprimento da grande profecia”
19/04/2018/ 09:04:51

Israel iniciou hoje (18) as celebrações de seu septuagésimo aniversário de independência. Em 14 de maio de 1948, David Ben Gurion anunciou o estabelecimento do Estado judeu. Quase dois mil anos depois de ter “desaparecido”, Israel voltar a tomar o seu lugar entre as nações.O vice-ministro de Diplomacia Pública e his...

  • Drama: Pastor Márcio Valadão revela que pode estar com sintomas de Alzheimer
Drama: Pastor Márcio Valadão revela que pode estar com sintomas de Alzheimer
16/04/2018/ 09:07:13

Na manhã deste domingo(15), o pastor Márcio Valadão, líder da Igreja Batista da Lagoinha, fez uma revelação que preocupou a todos. Depois que ministrou, o que sempre faz nas manhãs de domingo, o pastor levantou a Igreja para a oração final e pediu que fosse levantado um clamor em seu favor.O pastor revelou...