Noticias
PT estica campanha de Lula para presidente para não desgastar plano B
  • PT estica campanha de Lula para presidente para não desgastar plano B

Ao menor questionamento sobre uma possível alternativa do PT caso o ex-presidente Lula tenha a candidatura ao Palácio do Planalto impedida, líderes do partidos repetem como um mantra que “não há plano B, é o nosso único candidato”. A manutenção do discurso, mesmo com derrotas judiciais seguidas que tornam a prisão do petista cada vez mais verossímil, pode estar ligada à estratégia de manter a candidatura viva o maior tempo possível. A tese é que uma transferência de votos será mais eficiente se ocorrer mais próxima da eleição.

Além disso, não falar em nomes agora evita que a tentativa de desconstrução de um outro candidato petista comece antes mesmo da eleição. Nomes como do ex-governador da Bahia Jaques Wagner (PT) e o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) já foram ventilados e sofreram com desgastes de vazamentos de denúncias.

Lula aparece hoje como líder nas pesquisas de intenção de votos. Em nenhuma delas ele aparece com menos de 30%, o que lhe garantiria uma participação no segundo turno. Segundo um interlocutor do partido, é importante manter Lula como candidato pelo maior tempo possível, para que o candidato indicado por ele consiga alcançar o máximo possível do percentual de votos hoje no ex-presidente.

O líder do governo estadual petista na Assembleia Legislativa de Minas (ALMG), deputado Durval Ângelo, mantém o mesmo discurso pronto de que Lula é o único candidato. “O PT só tem um plano: o plano L. Só Lula”.

Porém, ele ressalta que o ex-presidente é hoje o único candidato capaz de fazer uma transferência de votos. “Segundo o Vox Populi, 80% das pessoas que votam nele votariam em alguém indicado por Lula. Segundo o Datafolha, esse percentual é de 65%. Evidentemente que a exposição em maior tempo ajuda. Mas achamos que, no final, o STF vai ter juízo e isenção e vai liberar a candidatura de Lula”, disse.

O presidente do PT de Belo Horizonte, Arnaldo Godoy (PT), afirma que a manutenção do nome de Lula é também um ato de resistência ao que ele chama de perseguição. “Fica bem claro que eles estão fazendo de tudo para tirar o ex-presidente Lula da disputa eleitoral. Essa é uma postura completamente antidemocrática”, afirmou Godoy.

O vereador explica que, até o momento, a tática de “perseguição” ao ex-presidente Lula tem dado o efeito contrário. “É só você acompanhar os resultados das pesquisas. Mesmo depois da condenação do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), Lula continua com a mesma intenção de voto, em alguns caso até cresceu. Quanto mais batem no Lula, mais ele se fortalece eleitoralmente”, disse.

O destino da candidatura de Lula está nas mãos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Na teoria, Lula está inelegível após ser condenado em segunda instância. Isso é o que prevê a Lei da Ficha Limpa. Porém, a Justiça Eleitoral só pode analisar a inelegibilidade depois do registro da candidatura, em julho. Petistas contam com a demora da tramitação do processo para manter Lula na campanha com liminares judiciais.

 

Outras legendas estão na mira

Se as lideranças petistas rejeitam falar sobre um outro nome do partido para a Presidência que não seja o ex-presidente Lula, quando o assunto é uma possível aliança com outro partido, a resistência é ainda maior. Porém, já há movimentações de bastidores para aproximação de legendas de esquerda que já lançaram seus pré-candidatos.

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) se reuniu no mês passado com o pré-candidato pelo PDT, o ex-ministro Ciro Gomes. O encontro irritou alguns petistas, mas Haddad disse a interlocutores que teria sido autorizado pelo próprio Lula a iniciar conversas com outros partidos para tentar buscar uma unidade entre as esquerdas e evitar uma vitória da direita nas eleições de outubro.

A filiação do líder do Movimento dos Trabalhadores do Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, também provocou uma crise no partido. Fundadores do PSOL afirmam que a candidatura de Boulos pode se transformar em linha auxiliar de Lula e do PT. O ato de filiação de Boulos, inclusive, contou com a apresentação de um vídeo do ex-presidente Lula elogiando Boulos e sua candidatura.

“Um candidato lulista no PSOL é um completo desrespeito à historia de nosso partido”, disse, em seu Twitter, o ex-deputado Babá, um dos fundadores do PSOL. Ele afirmou ainda que “a militância do PSOL assistiu indignada à participação de Lula no lançamento da candidatura de Guilherme Boulos”. Dentro do PT, entretanto, a possibilidade de uma aliança com Boulos e o PSOL é vista hoje como remota.

Avaliações

“Lula é o único que transfere votos. Segundo o Vox Populi, 80% das pessoas que votam nele votariam em alguém indicado por Lula. Segundo o Datafolha, esse percentual é de 65%.”

Durval Ângelo (PT)

Deputado estadual

“É só você acompanhar os resultados das pesquisas. Mesmo depois da condenação do TRF–4, Lula continua com a mesma intenção de voto, em alguns casos até cresceu.”

Arnaldo Godoy

presidente do PT-BH

Quem são as alternativas

Jaques Wagner. Governou a Bahia entre 2006 e 2014. Depois foi um dos ministros mais influentes do segundo mandato do governo de Dilma Rousseff (PT) e um dos responsáveis por tentar articular no Congresso para tentar evitar o processo de impeachment contra a ex-presidente. Recentemente foi alvo de operação da Polícia Federal (PF) que investiga supostas irregularidades na contratação dos serviços de demolição, reconstrução e gestão do estádio Arena Fonte Nova, em Salvador para a Copa do Mundo.

Fernando Haddad. Foi prefeito de São Paulo entre 2012 e 2016. Tentou a reeleição, mas foi derrotado nas eleições ainda no primeiro turno por João Doria (PSDB). Entre os petistas, adota uma linha com maior autocrítica sobre a postura do PT nos governos Lula e Dilma.

Alianças. Entre as possíveis alianças que podem ser firmadas pelo PT com outros partidos, a mais viável seria uma composição com ex-ministro cearense Ciro Gomes (PDT). 

O Tempo/Liberdade FM - Foto - Divulgação

12/03/2018/ 09:22:55
Outras Notícias
  • Brasil vence a Costa Rica com gols no fim e desencanta na Copa
Brasil vence a Costa Rica com gols no fim e desencanta na Copa
22/06/2018/ 13:25:25

Com muito drama, muita dificuldade e tensão o Brasil conquistou sua primeira vitória na Copa do Mundo da Rússia na manhã desta sexta-feira (22). Superando uma barreira de forte marcação da Costa Rica, a Seleção Brasileira venceu por 2 a 0 em São Petersburgo e assumiu a liderança provisória do Grupo E com quatro pont...

  • Puxada por greve, energia e gasolina, prévia do IPCA atinge 1,37%
Puxada por greve, energia e gasolina, prévia do IPCA atinge 1,37%
22/06/2018/ 13:23:55

A disparada do preço da gasolina nos postos de combustível, principalmente após o término da greve dos caminhoneiros, e a alta da tarifa de energia elétrica levaram a prévia da inflação oficial na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) a atingir neste mês o maior percentual desde 2012 entre as 11 áreas pesqui...

  • Em nova fase, 'Lava Jato' prende ex-diretor da Petroquisa
Em nova fase, 'Lava Jato' prende ex-diretor da Petroquisa
22/06/2018/ 13:22:47

Foi deflagrada na quinta-feira (21) a Operação Greenwich, 52.ª fase da 'Lava Jato', para a apuração de crimes contra subsidiárias da Petrobras. Entre os presos está o ex-diretor de Novos Negócios da Petrobras Química S/A (Petroquisa) Djalma Rodrigues de Souza. A prisão preventiva foi autorizada pelo juiz da 13.ª Var...

  • Caixa volta atrás e mantém pagamento de conta de luz em lotéricas, por enquanto
Caixa volta atrás e mantém pagamento de conta de luz em lotéricas, por enquanto
22/06/2018/ 13:21:26

A Caixa Econômica Federal voltou atrás e enviou comunicado aos lotéricos informando que eles poderão manter o pagamento de boletos da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). Na mensagem, o banco público informa que abriu negociações com a Cemig e que, enquanto elas não forem concluídas, o pagamento poderá...

  • Aprovado em exames, Emre Can assina contrato de quatro anos com a Juventus
Aprovado em exames, Emre Can assina contrato de quatro anos com a Juventus
22/06/2018/ 13:19:32

Pouco depois de ser aprovado em exames médicos realizados horas mais cedo, o meio-campista Emre Can assinou contrato de quatro anos com a Juventus nesta quinta-feira (21). O jogador alemão terminará de cumprir o seu contrato com o Liverpool no próximo dia 30 e, consequentemente, ficará livre para atuar pela sua nova...

  • Brasileiro trabalha 4 vezes mais que alemão pra comprar camisa da Seleção, aponta pesquisa
Brasileiro trabalha 4 vezes mais que alemão pra comprar camisa da Seleção, aponta pesquisa
22/06/2018/ 13:17:45

SÓCHI (Rússia) - A Seleção Brasileira e o time da Alemanha já podem se enfretar logo de cara nas oitavas da Copa do Mundo, fazendo um "revival" dos 7 a 1. Mas, antes desta possível vingança, o Brasil levou outra goleada dos germânicos. Utilizando o salário mínimo como base, um estudo chegou à conclusão: o brasileir ...