Noticias
Caso de Elize Matsunaga volta à baila nos tribunais
  • Caso de Elize Matsunaga volta à baila nos tribunais

O Ministério Público (MP) quer anular o júri de 2016 que condenou Elize Matsunaga a 19 anos de prisão pelo assassinato do marido em São Paulo, segundo o site de notícias G1. Para a promotoria, a mulher tem de ser julgada novamente para receber uma pena maior. O empresário Marcos Kitano Matsunaga foi baleado e esquartejado em 2012. A bacharel em direito confessou o crime em seu julgamento, alegando que matou o herdeiro da empresa de alimentos Yoki para se defender.

Do lado oposto, os advogados de Elize não querem a anulação do julgamento que a condenou. Eles pedem, no entanto, a redução da pena. Caberá ao Tribunal de Justiça (TJ) julgar este ano os pedidos feitos pela acusação e defesa. A previsão é que isso ocorra ainda neste mês. Essas solicitações, chamadas de apelações, serão analisadas pela 7ª Câmara de Direito Criminal do TJ. No início de abril elas foram incluídas na pauta de julgamento do próximo dia 18. Isso, no entanto, é apenas uma previsão.

Desembargadores do Tribunal de Justiça deverão analisar as apelações em conjunto e decidir, por votação, se atendem o pedido do MP ou dos advogados. Os dois pedidos, que são completamente diferentes, foram feitos logo após o julgamento de Elize, em dezembro de 2016, mas só entraram na pauta do TJ recentemente, porque antes o tribunal estava analisando outros recursos das partes.

Elize foi condenada por homicídio só com uma qualificadora: a da impossibilidade de defesa da vítima. Ela usou uma arma para atirar na cabeça de Marcos no apartamento onde o casal morava com a filha na zona Norte da capital. Em seguida, ela esquartejou o corpo em diversas partes e o espalhou em sacos pelas ruas.


O Tempo/Liberdade FM - Foto - Divulgação

16/04/2018/ 09:12:50
Outras Notícias
  • Indígenas são os que têm menos apoio público para pagar faculdade
Indígenas são os que têm menos apoio público para pagar faculdade
19/04/2018/ 10:14:53

Os estudantes indígenas formam o grupo com menor percentual de atendimento nas três principais políticas públicas de acesso ao ensino superior. Segundo os dados mais recentes do Censo da Educação Superior, 63% dos indígenas que estavam matriculados em 2016 não conseguiram vaga na rede pública, não foram selecionados...

  • TRF-4 julga recurso de José Dirceu contra pena de mais de 30 anos na Lava Jato
TRF-4 julga recurso de José Dirceu contra pena de mais de 30 anos na Lava Jato
19/04/2018/ 10:12:06

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) julga a partir das 13h30 desta quinta-feira (19) o recurso de José Dirceu contra pena de 30 anos e 9 meses de prisão. O ex-ministro foi condenado por corrupção passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro no processo que investigou as irregularidades...

  • Trump diz que pode desistir de reunião com Coreia do Norte
Trump diz que pode desistir de reunião com Coreia do Norte
19/04/2018/ 10:07:49

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse na quarta-feira (19) esperar que uma cúpula sem precedentes com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, será bem-sucedida, mas advertiu que irá cancelar a reunião se achar que não produzirá resultados, segundo a Reuters.Trump disse em coletiva de imprensa conjunta com...

  • MPF solicita que juiz de Montes Claros condenado cumpra pena
MPF solicita que juiz de Montes Claros condenado cumpra pena
19/04/2018/ 10:01:26

O Ministério Público Federal (MPF) solicitou o cumprimento imediato da pena a que o juiz Danilo Campos, da 5ª Vara Cível de Montes Claros, foi condenado. O magistrado é acusado pelo crime de calúnia e difamação contra funcionários públicos, o que acarretou na condenação a um ano, cinco meses e 23 dias de detenção em...

  • PSB nega interesse em Marina Silva
PSB nega interesse em Marina Silva
19/04/2018/ 09:59:14

BRASÍLIA. O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, indicou nessa quinta-feira (18) que o partido não tem interesse em uma aliança eleitoral com a ex-senadora Marina Silva, pré-candidata à Presidência da República pela Rede. O dirigente afirmou que é preciso respeitar a pré-candidatura de Marina da mesma forma ...

  • Eduardo Azeredo insiste em compensação
Eduardo Azeredo insiste em compensação
19/04/2018/ 09:30:01

O ex-governador de Minas e ex-presidente nacional do PSDB Eduardo Azeredo poderá ser preso na próxima semana, após finalizados os recursos à condenação em segunda instância no chamado mensalão mineiro. Os embargos infringentes, última apelação antes da execução penal após a sentença da 9ª Câmara Criminal de Belo Hor...