Noticias
Putin adverte sobre 'caos nas relações internacionais'
  • Putin adverte sobre 'caos nas relações internacionais'

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o do Irã, Hassan Rouhani, tiveram uma conversa por telefone para discutir as condições na Síria, após o ataque com mísseis realizado por Reino Unido, Estados Unidos e França. Um comunicado do Kremlin disse que Putin e Rouhani concordaram que as ações ocidentais prejudicaram as chances de se chegar a uma solução política para o conflito de sete anos que já matou pelo menos meio milhão de pessoas. “Esta ação ilegal afeta negativamente as perspectivas de um acordo político na Síria”, diz o comunicado.

Putin ressaltou que ações do tipo violam a Carta da Organização das Nações Unidas e “isso inevitavelmente gera caos nas relações internacionais”, segundo a nota. A agência estatal IRNA citou Rouhani: “Os EUA e alguns países do Ocidente não querem que a Síria atinja a estabilidade permanente”. Rouhani afirmou que tanto o Irã quanto a Rússia não deveriam permitir “o fogo de uma nova tensão” na região, acrescentando que os ataques aéreos na Síria foram uma “invasão”, voltada a “fortalecer terroristas derrotados”.

O Irã e a Rússia são aliados cruciais do presidente sírio, Bashar al-Assad, cujas forças foram acusadas de lançar um suposto ataque com armas químicas perto de Damasco, há uma semana, que levou ao ataque com mísseis de Reino Unido, EUA e França, no sábado (noite de sexta-feira, no horário de Brasília). Os três países insistiram que o ataques não visavam derrubar o presidente Bashar al-Assad ou intervir no conflito.

Sanções. A embaixadora dos EUA na Organização das Nações Unidas, Nikki Haley, afirmou nesse domingo (15) que o país imporá mais sanções econômicas contra a Rússia. O motivo é o apoio de Moscou ao presidente sírio e ao aparente uso de armas químicas. Nikki disse que o secretário do Tesouro norte-americano, Steven Mnuchin, anunciará nesta segunda-feira (16) as sanções, que afetarão companhias que “lidam com equipamento relacionado a Assad e o uso de quaisquer armas químicas”.

Em entrevista à rede CBS, Nikki afirmou que a Rússia precisa sofrer as consequências por proteger o regime de Assad. Ela lembrou que os russos vetaram seis resoluções do Conselho de Segurança da ONU sobre armas químicas. Nikki disse ainda que o fato de que Assad usava armas químicas como algo normal e que a Rússia encobre isso precisa parar. Ativistas da oposição síria e equipes de resgate afirmam que um ataque químico na cidade de Douma, perto da capital síria, matou mais de 40 pessoas em 7 de abril. O regime sírio nega.

Países europeus se posicionam

O presidente da França, Emmanuel Macron, afirmou nesse domingo (15) que o ataque militar realizado em conjunto com os EUA e com o Reino Unido contra alvos sírios foi realizado em retaliação ao suposto ataque químico, que teria sido feito a mando do governo de Bashar al-Assad. Em pronunciamento, Macron disse ter evidências de que Assad usou armas químicas contra seu próprio povo.

O presidente francês comentou que a ação foi uma “retaliação, não um ato de guerra”. Macron disse que os aliados tinham “plena legitimidade internacional para intervir” na Síria, porque os ataques eram sobre a aplicação do direito internacional humanitário. “Chegamos em um momento em que esses ataques se tornaram indispensáveis”.

Já o ministro de Relações Exteriores da Alemanha, Heiko Maas, afirmou que espera que os ataques aéreos na Síria resultem em um novo esforço para encontrar uma solução pacífica para o conflito. Maas disse que a investida dos países ocidentais contra o regime de Assad “deveria deixar clara para todas as partes a necessidade de retomar o processo político”.

Ele comentou que espera que uma “janela para o diálogo” tenha sido aberta com a Rússia, aliado mais próximo da Síria, agora que as eleições russas acabaram. A Alemanha não se juntou aos EUA, Reino Unido e França no ataque, embora a chanceler Angela Merkel tenha considerado o ataque “necessário e apropriado”.


O Tempo/Liberdade FM - Foto - Divulgação

16/04/2018/ 09:45:05
Outras Notícias
  • Maia se irrita com Carlos Bolsonaro e ameaça 'abandonar' Previdência
Maia se irrita com Carlos Bolsonaro e ameaça 'abandonar' Previdência
22/03/2019/ 13:50:10

 (DEM-RJ), avisou ao ministro da Economia, Paulo Guedes, nesta quinta-feira (21) que deixará a articulação política pela reforma da Previdência. Maia tomou a decisão após ler mais um post do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), com fortes críticas a ele. Irritado, o deputado telefonou para Guedes e disse que, se...

  • Tribunal diz que deve analisar pedidos de soltura de Temer
Tribunal diz que deve analisar pedidos de soltura de Temer
22/03/2019/ 13:43:03

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) deve analisar, nesta sexta-feira (22), os pedidos de habeas corpus feitos pela defesa do ex-presidente Michel Temer (MDB). O caso está com o desembargador federal Ivan Athié.Relator do caso, Athié deve tomar uma decisão liminar — provisória — e depois submet...

  • Lama de Brumadinho chega a bacia do São Francisco
Lama de Brumadinho chega a bacia do São Francisco
22/03/2019/ 13:41:43

O temor de hidrologistas, ambientalistas e de quem depende das águas do Velho Chico se confirmou. É o que indica o relatório divulgado hoje, Dia Mundial da Água, pela Fundação SOS Mata Atlântica. De acordo com os dados levantados pelos técnicos da Fundação, a lama da Vale que causou morte e destruição em Brumad...

  • Diego posa de modelo, e Flamengo deseja estrear nova camisa já no clássico contra o Fluminense
Diego posa de modelo, e Flamengo deseja estrear nova camisa já no clássico contra o Fluminense
22/03/2019/ 13:38:11

“Quero ver no Diego!”, “A camisa vai ficar mais bonita na foto com o Diego”, “Não gostei tanto, mas quando o Diego vestir vou querer comprar”.As frases são apenas algumas das reações de torcedores ao novo uniforme número 1 do Flamengo ao longo da última semana. Pois então, o GloboEsporte.com teve acessos às imagens ...

  • Flamengo anuncia banco digital como seu patrocinador master até o fim de 2020
Flamengo anuncia banco digital como seu patrocinador master até o fim de 2020
22/03/2019/ 13:35:02

O Flamengo anunciou nesta sexta-feira seu novo patrocinador master, o banco digital BS2. O acordo vai até 2020, e o clube estima, "de forma conservadora", uma arrecadação anula superior a R$ 30 milhões. O contrato só entrará em vigor após análise e aprovação do Conselho Deliberativo.Uma imagem do protótipo de como f...

  • Economia insignificante na conta de luz; reajuste da tarifa terá pouco impacto no bolso
Economia insignificante na conta de luz; reajuste da tarifa terá pouco impacto no bolso
22/03/2019/ 13:33:31

A notícia de que o reajuste nas tarifas de energia das concessionárias nacionais seria 3,7% menor deixou muitos consumidores felizes. Especialistas alertam, no entanto, que a conta de luz vai continuar subindo e que o resultado é ínfimo, impactando em poucos pontos percentuais para baixo. “Não é motivo para comemora...