Noticias
Por 9 a 1, STF confirma que foro não alcança casos de improbidade administrativa
  • Por 9 a 1, STF confirma que foro não alcança casos de improbidade administrativa

Por 9 a 1, o Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou nesta quinta-feira (10) que o foro privilegiado não alcança os casos de improbidade administrativa.

A discussão no STF girou em torno de um recurso apresentado pela defesa do então deputado federal Eliseu Padilha (MDB-RS), hoje ministro-chefe da Casa Civil, contra decisão que determinou a baixa para a primeira instância de ação de improbidade administrativa que teria sido cometida na época em que Padilha ocupava o cargo de ministro dos Transportes no governo Fernando Henrique Cardoso.

Pelo atual entendimento da Constituição, o foro privilegiado garantido a autoridades como parlamentares faz com que eles sejam processados apenas por infrações penais no Supremo - no caso de deputados federais e senadores, o STF restringiu o entendimento para os crimes cometidos no exercício do mandato e em função do cargo.

Para improbidade administrativa - ato em que o agente público provoque perdas ao patrimônio público ou seja beneficiário de enriquecimento ilícito, por exemplo -, não há a mesma previsão constitucional e os casos têm início em primeira instância.

"O foro especial previsto na Constituição Federal não é extensível às relações de improbidade administrativa. Não comporta, portanto, ampliação a hipóteses não expressamente previstas no texto constitucional. Não há lacuna constitucional, mas legítima opção do poder constituinte originário em não instituir foro privilegiado para o processo de julgamento de agentes políticos pela prática de atos de improbidade na esfera civil", disse Barroso.

O ministro havia pedido vista (mais tempo para análise) em novembro de 2014, quando o processo começou a ser julgado. Na época, o relator do caso, ministro Teori Zavascki, votou a favor de estender o foro privilegiado para os casos de improbidade administrativa.

De acordo com Barroso, a autoridade pública "merece não um privilégio, mas algum tipo de proteção institucional".

O ministro defendeu a criação, pelo Legislativo, de uma vara federal única especializada para analisar os casos de improbidade administrativa.

Mesmo acompanhando Barroso no caso da improbidade administrativa, Gilmar Mendes fez críticas à decisão do STF da semana passada de restringir o foro de parlamentares.

"Instalou-se uma grande bagunça, o pouco que se conhece já se percebe que de fato brincamos de reformadores da natureza. Eu acho que nós estamos produzindo uma tal bagunça, uma tal desordem que é melhor ficar parado", disse Gilmar.

O Tempo/Liberdade FM - Foto - Divulgação

11/05/2018/ 09:41:19
Outras Notícias
  • Ceará com mais de 160 ataques, medo na população e Força Nacional nas ruas
Ceará com mais de 160 ataques, medo na população e Força Nacional nas ruas
09/01/2019/ 09:26:15

A série de ataques criminosos contra ônibus, bancos, prefeituras, comércios e prédios públicos que atinge Ceará completou uma semana. Desde quarta-feira (2), o G1 contabilizou 164 ataques em 41 dos 184 municípios cearenses. Para tentar conter a onda de violência em Fortaleza e no interior, o estado re...

  • Fim da novela: após acordo com Cruzeiro, Flamengo acerta contratação de Arrascaeta
Fim da novela: após acordo com Cruzeiro, Flamengo acerta contratação de Arrascaeta
09/01/2019/ 09:24:37

Fim da maior novela da janela de transferências até o momento! Após se alinhar com o Cruzeiro, o MarcosBraz@marcosbrazrioA tranquilidade continua para seguir contratando... Gelo no sangue !24.4K10:33 PM - Jan 8, 2019Twitter Ads info and privacy10.7K people are talking about thisTwitter Ads info and privacyA NOV...

  • Trump alega 'crise humanitária' ao defender muro com o México
Trump alega 'crise humanitária' ao defender muro com o México
09/01/2019/ 09:21:07

O presidente dos EUA, Donald Trump, defendeu a construção do muro com o México em pronunciamento na noite de terça-feira (madrugada de quarta, no Brasil). Ele disse que há uma crise humanitária e de segurança na fronteira e voltou a culpar os democratas pela paralisia orçamentária."Meus compatriotas americanos,...

  • Previdência será apresentada com regime de capitalização, diz Guedes
Previdência será apresentada com regime de capitalização, diz Guedes
09/01/2019/ 09:18:56

O ministro da Economia, Paulo Guedes, informou nesta terça-feira (8) que o governo incluirá na proposta de reforma da Previdência Social, a ser enviada ao Congresso em fevereiro, a previsão de um regime de capitalização.A capitalização é uma espécie de poupança que o próprio trabalhador faz para assegurar a apo...

  • Tribunal de Tóquio rejeita pedido para libertar Ghosn
Tribunal de Tóquio rejeita pedido para libertar Ghosn
09/01/2019/ 09:16:35

O Tribunal Distrital de Tóquio rejeitou nesta quarta-feira (9) um pedido da defesa de Carlos Ghosn pela soltura do ex-presidente do conselho da Nissan, que está preso desde 19 de novembro acusado de irregularidades financeiras, segundo a imprensa local.Na véspera, o brasileiro apareceu em público pela primeira ...

  • Atualização do WhatsApp permite responder mensagens em particular nos grupos
Atualização do WhatsApp permite responder mensagens em particular nos grupos
09/01/2019/ 09:14:52

Já está disponível para Android e iOS uma atualização do aplicativo que permite simplificar a troca de mensagens em grupos. Agora é possível selecionar uma mensagem específica num grupo e respondê-la em particular para o contato. Antes era possível interagir dessa forma, apenas através da opção "Conversar com". A di...