Noticias
G-20 vê aumento da tensão comercial e pede mais diálogo entre países
  • G-20 vê aumento da tensão comercial e pede mais diálogo entre países

O documento final da reunião ministerial do G-20, grupo formado pelos países mais ricos do mundo, que terminou neste domingo, 22, na capital da Argentina, reconhece o aumento da tensão comercial na economia mundial, alerta para os crescentes riscos dessas tensões e de questões geopolíticas para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) e pede que os países ampliem o diálogo.

"Reconhecemos a necessidade de se intensificar o diálogo e as ações para reduzir os riscos e aumentar a confiança", afirma o texto, elaborado depois de dois dias de reunião em Buenos Aires. Na reunião realizada em março na Argentina, o comunicado não falou de tensões comerciais.

O documento do G-20 menciona que os países emergentes estão melhor preparados para lidar com o cenário externo mais adverso. Ao mesmo tempo, o texto destaca que estas economias enfrentam o desafio de ter que lidar com a maior volatilidade no mercado financeiro mundial e o risco das reversões dos fluxos de capital. Um relatório do Fundo Monetário Internacional (FMI) apresentado durante a reunião ressalta que somente em maio e junho, os emergentes tiveram fuga de US$ 14 bilhões de capital externo.

"O crescimento da economia mundial continua sendo robusto e o desemprego está no nível mais baixo em última década", observa o texto. "Contudo, o crescimento tem sido menos sincronizado recentemente e os riscos de curto e médio prazo aumentaram", destaca o texto. Entre estes riscos, o comunicado menciona "crescentes vulnerabilidades financeiras, as maiores tensões comerciais e geopolíticas", além de um crescimento estrutural fraco, sobretudo em alguns países avançados, e "desequilíbrios globais". "Vamos continuar monitorando os riscos", ressaltam os dirigentes do G-20.

O G-20 enfatiza no comunicado a necessidade de avanço nas reformas estruturais nos diversos países, como uma forma de se aumentar o crescimento potencial. Na reunião de março, os dirigentes se comprometem a não fazer desvalorizações cambiais competitivas de suas moedas que possam ter efeito adverso sobre a estabilidade financeira mundial. No texto divulgado neste domingo, 22, os dirigentes reafirmam esse compromisso.

Mais cedo, o secretário internacional da Fazenda, Marcello Estevão, destacou em entrevista à imprensa estrangeira que a discussão para se elaborar o comunicado final da reunião foi "cordial", embora tenha havido diferença de opiniões. "Todos concordamos que é preciso ter mais comércio", disse ele. "O que estamos pedindo em geral é que as partes que estão em desacordo conversem mais e briguem menos."

Hoje em Dia/Liberdade FM - Foto - Divulgação

23/07/2018/ 10:54:33
Outras Notícias
  • Bolsonaro ficará afastado do cargo por mais 4 dias, diz porta-voz
Bolsonaro ficará afastado do cargo por mais 4 dias, diz porta-voz
13/09/2019/ 09:53:59

O presidente Jair Bolsonaro (PSL), que se recupera de uma cirurgia realizada em São Paulo, ficará afastado do cargo por mais quatro dias, segundo nota divulgada na tarde desta quinta-feira (12) pelo porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros.A previsão inicial era a de que Bolsonaro reassumisse o ca...

  • Quase 3 meses após morte, polícia mira no passado de Flordelis
Quase 3 meses após morte, polícia mira no passado de Flordelis
13/09/2019/ 09:50:50

A morte do pastor Anderson do Carmo, marido da deputada federal Flordelis dos Santos (PSD), completa três meses no próximo dia 16. Na segunda fase das investigações do crime, a Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo tem mirado no passado da parlamentar e da vítima. Os policiais estão le...

  • Maduro não participará da Assembleia Geral da ONU
Maduro não participará da Assembleia Geral da ONU
13/09/2019/ 09:49:02

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou nesta quinta-feira (12) que não participará da Assembleia Geral da ONU neste mês de setembro, em Nova York, no momento em que trava uma luta pelo poder com o líder opositor Juan Guaidó."Fui o ano passado para Nova York, mas este ano vou ficar aq...

  • Câmara dos Deputados argentina aprova lei de emergência alimentar
Câmara dos Deputados argentina aprova lei de emergência alimentar
13/09/2019/ 09:46:38

A Câmara dos Deputados da Argentina aprovou por unanimidade na quinta-feira (12) um projeto de lei alimentar de emergência para permitir maiores recursos aos programas sociais. O texto ainda precisa ser ratificado pelo Senado.Milhares de argentinos pedem que seja decretada emergência alimentar no paísA proposta, que...

  • Polícia pede DNA às famílias para identificar vítimas de milícia no RJ
Polícia pede DNA às famílias para identificar vítimas de milícia no RJ
13/09/2019/ 09:45:24

Ossadas de vítimas de uma milícia que atuava em Queimados, na Baixada Fluminense, estão sendo analisadas para identificação pela Polícia Civil do Rio. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense já pediu a duas famílias de vítimas da organização criminosa que façam exames de DNA para auxiliar no processo.A políc...

  • Dólar cai ante real com exterior positivo em meio a negociações comerciais EUA-China
Dólar cai ante real com exterior positivo em meio a negociações comerciais EUA-China
13/09/2019/ 09:43:09

O dólar caía ante o real nos primeiros negócios desta sexta-feira, indo à casa de 4,05 reais, em um dia de forma geral fraco para a moeda norte-americana no mundo, na esteira de expectativas positivas quanto às discussões comerciais entre Estados Unidos e China.Às 9h10, o dólar à vista caía 0,23%, a 4,0499 reais na ...