Noticias
G-20 vê aumento da tensão comercial e pede mais diálogo entre países
  • G-20 vê aumento da tensão comercial e pede mais diálogo entre países

O documento final da reunião ministerial do G-20, grupo formado pelos países mais ricos do mundo, que terminou neste domingo, 22, na capital da Argentina, reconhece o aumento da tensão comercial na economia mundial, alerta para os crescentes riscos dessas tensões e de questões geopolíticas para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) e pede que os países ampliem o diálogo.

"Reconhecemos a necessidade de se intensificar o diálogo e as ações para reduzir os riscos e aumentar a confiança", afirma o texto, elaborado depois de dois dias de reunião em Buenos Aires. Na reunião realizada em março na Argentina, o comunicado não falou de tensões comerciais.

O documento do G-20 menciona que os países emergentes estão melhor preparados para lidar com o cenário externo mais adverso. Ao mesmo tempo, o texto destaca que estas economias enfrentam o desafio de ter que lidar com a maior volatilidade no mercado financeiro mundial e o risco das reversões dos fluxos de capital. Um relatório do Fundo Monetário Internacional (FMI) apresentado durante a reunião ressalta que somente em maio e junho, os emergentes tiveram fuga de US$ 14 bilhões de capital externo.

"O crescimento da economia mundial continua sendo robusto e o desemprego está no nível mais baixo em última década", observa o texto. "Contudo, o crescimento tem sido menos sincronizado recentemente e os riscos de curto e médio prazo aumentaram", destaca o texto. Entre estes riscos, o comunicado menciona "crescentes vulnerabilidades financeiras, as maiores tensões comerciais e geopolíticas", além de um crescimento estrutural fraco, sobretudo em alguns países avançados, e "desequilíbrios globais". "Vamos continuar monitorando os riscos", ressaltam os dirigentes do G-20.

O G-20 enfatiza no comunicado a necessidade de avanço nas reformas estruturais nos diversos países, como uma forma de se aumentar o crescimento potencial. Na reunião de março, os dirigentes se comprometem a não fazer desvalorizações cambiais competitivas de suas moedas que possam ter efeito adverso sobre a estabilidade financeira mundial. No texto divulgado neste domingo, 22, os dirigentes reafirmam esse compromisso.

Mais cedo, o secretário internacional da Fazenda, Marcello Estevão, destacou em entrevista à imprensa estrangeira que a discussão para se elaborar o comunicado final da reunião foi "cordial", embora tenha havido diferença de opiniões. "Todos concordamos que é preciso ter mais comércio", disse ele. "O que estamos pedindo em geral é que as partes que estão em desacordo conversem mais e briguem menos."

Hoje em Dia/Liberdade FM - Foto - Divulgação

23/07/2018/ 10:54:33
Outras Notícias
  • River Plate vence por 3 x 1 o Boca Juniors e conquista a Libertadores
River Plate vence por 3 x 1 o Boca Juniors e conquista a Libertadores
10/12/2018/ 09:29:54

Em uma partida emocionante, o River Plate venceu por 3 x1 o Boca Juniors, no estádio Santiago Bernabéu, em Madri (Espanha), no jogo de volta da final da Taça Libertadores, nesse domingo, 9. A partida foi decidida na prorrogação, após o jogo ter terminado em 1 a 1, no tempo normal.O jogo final da Libertadores, realiz...

  • Eduardo Bolsonaro descarta apoio do PSL a Maia: 'outras preferências'
Eduardo Bolsonaro descarta apoio do PSL a Maia: 'outras preferências'
10/12/2018/ 09:26:58

O deputado federal Eduardo Bolsonaro ( PSL-SP ), filho do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL) descarta o apoio de seu partido ao atual presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), na disputa pelo comando da Casa em fevereiro do ano que vem.Questionado pelo blog neste sábado (8),...

  • Executiva da Huawei presa no Canadá pede libertação por motivos de saúde
Executiva da Huawei presa no Canadá pede libertação por motivos de saúde
10/12/2018/ 09:24:50

A executiva do grupo chinês de telefonia Huawei presa no Canadá a pedido da justiça dos Estados Unidos solicitou a libertação por razões de saúde.Meng Wanzhou, diretora financeira da Huawei, afirmou que sofre de hipertensão grave, indica um documento apresentado no domingo.Meng foi detida em Vancouver no início...

  • Economia do Japão tem maior contração em 4 anos no 3º tri
Economia do Japão tem maior contração em 4 anos no 3º tri
10/12/2018/ 09:23:51

A economia do Japão registrou a maior contração em mais de quatro anos no terceiro trimestre uma vez que as empresas reduziram os gastos, ameaçando refrear as perspectivas de investimento em 2019 conforme o país enfrenta a desaceleração do crescimento global e os atritos comerciais.O Produto Interno Bruto (PIB) do J...

  • Imposto de Renda 2018: Receita abre consulta ao último lote de restituição
Imposto de Renda 2018: Receita abre consulta ao último lote de restituição
10/12/2018/ 09:20:53

A Receita Federal abriu nesta segunda-feira (10) as consultas ao sétimo e último lote do Imposto de Renda de Pessoas Físicas de 2018. Este lote também inclui restituições residuais de 2008 a 2017. As consultas podem ser feitas pelo site da Receita Federal. Também é possível fazer a consulta por meio do aplicativo pa...

  • Quenianos são os campeões nas categorias masculina e feminina da Volta Internacional da Pampulha
Quenianos são os campeões nas categorias masculina e feminina da Volta Internacional da Pampulha
10/12/2018/ 09:18:36

Os quenianos sãos os campeões da XX Volta Internacional da Pampulha que aconteceu na manhã deste domingo (9). O vencedor na categoria masculina é Nicolas Kogsey, que venceu com o tempo de 55 minutos e 9 segundos. Já na categoria feminina, quem venceu foi Sharon Arusho, com o tempo de 1 hora, 5 minutos e 11 segundos....