Noticias
Unesco vai ajudar na remoção de escombros do Museu Nacional
  • Unesco vai ajudar na remoção de escombros do Museu Nacional

O Museu Nacional do Rio de Janeiro, na Quinta da Boa Vista, começa a receber na segunda-feira (10) tapumes em seu entorno para que sejam iniciadas as obras de contenção e outros procedimentos para manter a estrutura do palácio segura.

Há uma semana, o prédio foi atingido por um incêndio de grandes proporções que destruiu a maior parte de seu acervo de 20 milhões de itens. Neste domingo (9), o acesso aos jardins do palácio já estava fechado para a imprensa.

A vice-diretora do Museu Nacional Cristiana Serejo confirmou à Agência Brasil que, na próxima terça-feira (11), começam a chegar no Rio técnicos da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) que vão auxiliar nos trabalhos. De acordo com Roberto Leher, o reitor da UFRJ, instituição a qual o Museu é vinculado, a Unesco ofereceu especialistas que já trabalharam em tsunamis e outros desastres para ajudar na remoção dos escombros. 

Com a colocação dos tapumes, começam as obras de contenção e outros procedimentos para manter a estrutura do palácio segura e permitir mais buscas nos escombros na tentativa de localizar peças do acervo que tenham escapado do fogo. Uma equipe de especialistas, sob o comando de arqueólogos do museu realizará esse trabalho, com apoio de engenheiros contratados para garantir a segurança nos escombros.

De acordo com Cristiana, o grupo de especialistas é formado também por museólogos do Instituto Brasileiros de Museus (Ibram) e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e já está trabalhando no interior do prédio.

Ela explicou que os trabalhos ocorrem em duas frentes: uma estrutural e uma de resgate do acervo. A expectativa é de que no decorrer dessa semana, sejam liberados R$ 10 milhões do Ministério da Educação para ações emergenciais na segurança do prédio. A UFRJ já está fazendo um termo de referência, com a relação dos serviços mais necessários nessa etapa emergencial.

Segundo Cristiana Serejo, o museu vai aceitar também doações de outras instituições. Contatos com essa finalidade já estão sendo feitos pela direção do museu. “O Museu Nacional está tentando se organizar”, afirmou a vice-diretora.

Aulas

Na manhã deste domingo, um cursinho pré-vestibular da cidade promoveu um aulão nas imediações do museu sobre a história e as memórias da instituição, fundada em 1818. Aos alunos foi pedido que levassem fotos e lembranças do museu. A aula foi aberta para todos que estavam visitando a Quinta da Boa Vista, neste domingo

Durante a aula, professores contaram a história do prédio onde funcionava o museu, como foi sua criação e como se formou seu acervo. Em seguida houve um debate crítico sobre como estão a educação e a cultura no Brasil.

“Cada peça do museu tinha sua história e ela provocava histórias diferentes. Quem foi lá e viu uma múmia, um dinossauro, tem uma história diferente para contar, porque é uma relação pessoal das pessoas com aquele acervo”, disse à Agência Brasil o professor de história do cursinho, Tadeu Lemos

O estudante Luís Henrique Gomes da Costa compareceu ao aulão. Ele contou que visitou o Museu Nacional pela última vez quando era criança. “Gostaria de ter entrado aí mais vezes”, lamentou. Ele se lembra com saudade da parte egípcia do museu, que tinha as múmias; do meteorito na entrada e de alguns fósseis.

A professora do curso Fernanda Lacombe ressaltou a necessidade de não deixar cair no esquecimento a história e a memória do Museu Nacional. Segundo ela, as aulas continuarão a ser dadas não mais durante as visitas ao museu, mas em outros locais: “É uma forma de resistência também, porque o museu queimou, perdeu-se muita coisa, mas a gente continua vindo e deixando claro o que significou a perda dele para os alunos”.


Hoje em Dia/Liberdade FM - Foto - Divulgação

10/09/2018/ 10:11:36
Outras Notícias
  • Ceará com mais de 160 ataques, medo na população e Força Nacional nas ruas
Ceará com mais de 160 ataques, medo na população e Força Nacional nas ruas
09/01/2019/ 09:26:15

A série de ataques criminosos contra ônibus, bancos, prefeituras, comércios e prédios públicos que atinge Ceará completou uma semana. Desde quarta-feira (2), o G1 contabilizou 164 ataques em 41 dos 184 municípios cearenses. Para tentar conter a onda de violência em Fortaleza e no interior, o estado re...

  • Fim da novela: após acordo com Cruzeiro, Flamengo acerta contratação de Arrascaeta
Fim da novela: após acordo com Cruzeiro, Flamengo acerta contratação de Arrascaeta
09/01/2019/ 09:24:37

Fim da maior novela da janela de transferências até o momento! Após se alinhar com o Cruzeiro, o MarcosBraz@marcosbrazrioA tranquilidade continua para seguir contratando... Gelo no sangue !24.4K10:33 PM - Jan 8, 2019Twitter Ads info and privacy10.7K people are talking about thisTwitter Ads info and privacyA NOV...

  • Trump alega 'crise humanitária' ao defender muro com o México
Trump alega 'crise humanitária' ao defender muro com o México
09/01/2019/ 09:21:07

O presidente dos EUA, Donald Trump, defendeu a construção do muro com o México em pronunciamento na noite de terça-feira (madrugada de quarta, no Brasil). Ele disse que há uma crise humanitária e de segurança na fronteira e voltou a culpar os democratas pela paralisia orçamentária."Meus compatriotas americanos,...

  • Previdência será apresentada com regime de capitalização, diz Guedes
Previdência será apresentada com regime de capitalização, diz Guedes
09/01/2019/ 09:18:56

O ministro da Economia, Paulo Guedes, informou nesta terça-feira (8) que o governo incluirá na proposta de reforma da Previdência Social, a ser enviada ao Congresso em fevereiro, a previsão de um regime de capitalização.A capitalização é uma espécie de poupança que o próprio trabalhador faz para assegurar a apo...

  • Tribunal de Tóquio rejeita pedido para libertar Ghosn
Tribunal de Tóquio rejeita pedido para libertar Ghosn
09/01/2019/ 09:16:35

O Tribunal Distrital de Tóquio rejeitou nesta quarta-feira (9) um pedido da defesa de Carlos Ghosn pela soltura do ex-presidente do conselho da Nissan, que está preso desde 19 de novembro acusado de irregularidades financeiras, segundo a imprensa local.Na véspera, o brasileiro apareceu em público pela primeira ...

  • Atualização do WhatsApp permite responder mensagens em particular nos grupos
Atualização do WhatsApp permite responder mensagens em particular nos grupos
09/01/2019/ 09:14:52

Já está disponível para Android e iOS uma atualização do aplicativo que permite simplificar a troca de mensagens em grupos. Agora é possível selecionar uma mensagem específica num grupo e respondê-la em particular para o contato. Antes era possível interagir dessa forma, apenas através da opção "Conversar com". A di...