Noticias
Bolsonaro segue sem sinais de infecção, mas precisará de nova cirurgia, diz hospital
  • Bolsonaro segue sem sinais de infecção, mas precisará de nova cirurgia, diz hospital

Jair Bolsonaro, candidato à Presidência pelo PSL, segue "sem sinais de infecção", informou boletim médico divulgado pelo Hospital Albert Einstein na manhã desta segunda-feira (10). O comunicado diz que "será necessária nova cirurgia de grande porte posteriormente, a fim de reconstruir o trânsito intestinal e retirar a bolsa de colostomia". A operação já estava prevista.

O presidenciável está internado desde sexta-feira (7) no hospital na Zona Sul de São Paulo se recuperando de uma facada levada durante ato de campanha no Centro de Juiz de Fora (MG), na tarde de quinta (6).

O boletim médico afirma que, passados quatro dias após o ferimento, o estado do candidato "ainda é grave e permanece em terapia intensiva".

"O paciente permanece ainda com sonda gástrica aberta e em íleo paralítico (paralisia intestinal), que ocorre habitualmente depois de grandes cirurgias e traumas abdominais. Ontem, havia uma movimentação intestinal ainda incipiente e que persiste do mesmo modo hoje", acrescenta o documento, assinado pelos médicos Antônio Luiz Macedo, cirurgião; Leandro Echenique, clínico e cardiologista; e Miguel Cendoroglo, diretor superintendente do hospital.

O comunicado acrescenta que Bolsonaro permanece "recebendo o suporte clínico, cuidado de fisioterapia respiratória e motora, e alimentação exclusivamente parenteral (endovenosa)".

No último boletim, divulgado no fim da tarde de domingo, foi informado que o candidato tinha "leve anemia, em decorrência do sangramento inicial".


Na tarde de sábado (8), Flávio Bolsonaro, um dos filhos do presidenciável, postou nas redes sociais uma foto do pai em uma poltrona na UTI. Na imagem, ele aparece fazendo sinal de armas com as mãos.

Questionado na porta do hospital sobre o gesto, outro filho do candidato, Eduardo Bolsonaro, disse que o sinal já é uma marca registrada do pai devido à sua posição contra o desarmamento. Eduardo disse também que não vê nada de prejudicial no gesto ou algo que possa gerar violência.

Segundo a cúpula do Einstein, os principais riscos que serão monitorados são pneumonia (pois o candidato ficou muito tempo em choque e perdeu cerca de 2 litros de sangue) e infecção (por causa do vazamento de massa fecal na cavidade abdominal).

A previsão de internação é de sete a dez dias. A retomada das atividades só deve ocorrer após 20 dias.

Bolsonaro estava internado na Santa Casa de Juiz de Fora, em Minas Gerais, onde passou por uma cirurgia após o ataque que sofreu (entenda a operação ao final da reportagem).

A transferência foi feita via aérea, em um avião UTI, na manhã de sexta, até Congonhas. De lá, o candidato foi levado pelo Helicóptero Águia, da Polícia Militar paulista, até o Palácio dos Bandeirantes, sede do governo estadual e vizinha do hospital. Uma ambulância do próprio Einstein o levou do palácio ao centro médico.

Colostomia: entenda o procedimento que passou Bolsonaro (Foto: Igor Estrella e Alexandre Mauro/G1)Colostomia: entenda o procedimento que passou Bolsonaro (Foto: Igor Estrella e Alexandre Mauro/G1)

Colostomia: entenda o procedimento que passou Bolsonaro (Foto: Igor Estrella e Alexandre Mauro/G1)
G1/Liberdade FM - Foto - Divulgação

10/09/2018/ 10:48:01
Outras Notícias
  • Ceará com mais de 160 ataques, medo na população e Força Nacional nas ruas
Ceará com mais de 160 ataques, medo na população e Força Nacional nas ruas
09/01/2019/ 09:26:15

A série de ataques criminosos contra ônibus, bancos, prefeituras, comércios e prédios públicos que atinge Ceará completou uma semana. Desde quarta-feira (2), o G1 contabilizou 164 ataques em 41 dos 184 municípios cearenses. Para tentar conter a onda de violência em Fortaleza e no interior, o estado re...

  • Fim da novela: após acordo com Cruzeiro, Flamengo acerta contratação de Arrascaeta
Fim da novela: após acordo com Cruzeiro, Flamengo acerta contratação de Arrascaeta
09/01/2019/ 09:24:37

Fim da maior novela da janela de transferências até o momento! Após se alinhar com o Cruzeiro, o MarcosBraz@marcosbrazrioA tranquilidade continua para seguir contratando... Gelo no sangue !24.4K10:33 PM - Jan 8, 2019Twitter Ads info and privacy10.7K people are talking about thisTwitter Ads info and privacyA NOV...

  • Trump alega 'crise humanitária' ao defender muro com o México
Trump alega 'crise humanitária' ao defender muro com o México
09/01/2019/ 09:21:07

O presidente dos EUA, Donald Trump, defendeu a construção do muro com o México em pronunciamento na noite de terça-feira (madrugada de quarta, no Brasil). Ele disse que há uma crise humanitária e de segurança na fronteira e voltou a culpar os democratas pela paralisia orçamentária."Meus compatriotas americanos,...

  • Previdência será apresentada com regime de capitalização, diz Guedes
Previdência será apresentada com regime de capitalização, diz Guedes
09/01/2019/ 09:18:56

O ministro da Economia, Paulo Guedes, informou nesta terça-feira (8) que o governo incluirá na proposta de reforma da Previdência Social, a ser enviada ao Congresso em fevereiro, a previsão de um regime de capitalização.A capitalização é uma espécie de poupança que o próprio trabalhador faz para assegurar a apo...

  • Tribunal de Tóquio rejeita pedido para libertar Ghosn
Tribunal de Tóquio rejeita pedido para libertar Ghosn
09/01/2019/ 09:16:35

O Tribunal Distrital de Tóquio rejeitou nesta quarta-feira (9) um pedido da defesa de Carlos Ghosn pela soltura do ex-presidente do conselho da Nissan, que está preso desde 19 de novembro acusado de irregularidades financeiras, segundo a imprensa local.Na véspera, o brasileiro apareceu em público pela primeira ...

  • Atualização do WhatsApp permite responder mensagens em particular nos grupos
Atualização do WhatsApp permite responder mensagens em particular nos grupos
09/01/2019/ 09:14:52

Já está disponível para Android e iOS uma atualização do aplicativo que permite simplificar a troca de mensagens em grupos. Agora é possível selecionar uma mensagem específica num grupo e respondê-la em particular para o contato. Antes era possível interagir dessa forma, apenas através da opção "Conversar com". A di...