Noticias
Patriots vencem os Rams, e Tom Brady faz história ao ganhar o Super Bowl 53
  • Patriots vencem os Rams, e Tom Brady faz história ao ganhar o Super Bowl 53

Atlanta presenciou a história. Ok, não foi o jogo mais emocionante do mundo, mas os 70.081 torcedores que lotaram o Mercedes-Benz Stadium na noite deste domingo, dia 3 de fevereiro de 2019, não vão esquecer tão cedo o Super Bowl 53 entre Patriots e Rams, reeditando a final de 17 anos atrás. E mais uma vez deu New England: 13 a 3. Mais uma vez deu Tom Brady e Bill Belichick.

É o sexto título da franquia de Boston - igualando a marca do até então maior vencedor, Pittsburgh Steelers. Tom Brady fez história ao garantir o sexto anel de campeão e, aos 41 anos, tornar-se o jogador com mais conquistas na NFL, superando Charles Haley. Já Belichick igualou os Hall da Fama George Halas e Curly Lambeau como únicos treinadores com seis títulos.


Agora, a dupla Brady/Belichick tem nove Super Bowls no currículo, com seis vitórias e três derrotas. O quarterback quarentão já avisou que não vai parar e que pretende jogar até os 45 anos.

- Foi um ano inacreditável. Nós lutamos por isso mais do que qualquer coisa. É absolutamente incrível vencer esse jogo - disse Tom Brady ainda no campo, emocionado com a conquista.

- É muito saboroso, muito saboroso! Todos já tinham nos descartado no início da temporada, no meio do campeonato, mas nós continuamos aqui - resumiu o técnico Bill Belichick.

Super Bowl LIII - New England Patriots x Los Angeles Rams - Tom Brady e Bill Belichick — Foto: Kevin C. Cox/Getty ImagesSuper Bowl LIII - New England Patriots x Los Angeles Rams - Tom Brady e Bill Belichick — Foto: Kevin C. Cox/Getty Images

Super Bowl LIII - New England Patriots x Los Angeles Rams - Tom Brady e Bill Belichick — Foto: Kevin C. Cox/Getty Images

As defesas se destacaram mais que os ataques na noite deste domingo, o que fez do confronto o Super Bowl com menor placar na história. Os 16 pontos somados de Patriots e Rams ficaram bem abaixo dos 21 combinados do Super Bowl VII, em 1973, quando o Miami Dolphins venceu o Washington Redskins por 14 a 7 - partida de menor placar até então.

Hightower, Gilmore, McCourty e Van Noy comandaram a grande atuação defensiva dos Patriots e pararam um dos ataques mais potentes da temporada. Mas o prêmio de MVP ficou com o wide receiver Julian Edelman, que, apesar de não ter feito o único touchdown do jogo, recebeu 141 jardas de passe.

show do intervalo contou com a festa da banda Maroom 5 e dos rappers Travis Scott e Big Boi. Mas não empolgou muito, não. Pelo menos para quem estava no estádio. Um grande palco em forma da letra M foi montado rapidamente, e drones formaram a frase "One Love".

Super Bowl LIII - New England Patriots x Los Angeles Rams — Foto: Logan Riely/Getty ImagesSuper Bowl LIII - New England Patriots x Los Angeles Rams — Foto: Logan Riely/Getty Images

Super Bowl LIII - New England Patriots x Los Angeles Rams — Foto: Logan Riely/Getty Images

A história do jogo...

As defesas foram as protagonistas do primeiro quarto. Os Patriots até começaram com um retorno até a linha de 40 jardas de Cordarrelle Patterson, conseguiram passar do meio do campo na primeira campanha, mas Brady foi interceptado quando tentou um passe para Chris Hogan. Cory Littleto se aproveitou da falha e ficou com a bola.


O ataque dos Rams teve a sua chance, mas sem sucesso, parando na forte defesa dos Pats. Com Aaron Dolnad & Cia. impedindo o progresso dos Patriots do outro lado, Stephen Gostkowski precisou entrar para chutar um field goal de 45 jardas. Só que o kicker errou, para a frustração da maioria dos torcedores no estádio.

O relógio passava, e as defesas seguiam dominando. Os Rams apostavam pouco nas investidas terrestres de Todd Gurley e CJ Anderson. Tanto que os dois juntos só correram para 20 jardas no primeiro tempo. Brady bem que tentava, mas não estava com o braço calibrado.

As fortes defesas foram marca no Super Bowl LIII — Foto: Harry How/Getty ImagesAs fortes defesas foram marca no Super Bowl LIII — Foto: Harry How/Getty Images

As fortes defesas foram marca no Super Bowl LIII — Foto: Harry How/Getty Images

Na primeira campanha do segundo período, Gostkowski teve que voltar para o campo. Mas dessa vez ele acertou um chute de 42 jardas para abrir o placar: 3 x 0. Se o jogo não empolgava, o único que se salvava era o wide receiver Julian Edelman. Ele foi para o intervalo com 93 jardas e sete de oito recepções tentadas.

Se Gurley tinha corrido apenas 10 jardas na partida no primeiro tempo, voltou do intervalo deixando os marcadores para trás e conquistou 16 jardas pelo chão em uma jogada só. No lance seguinte, o safety Patrick Chung, dos Pats, deixou o gramado com o braço direito imobilizado e não voltou para o jogo.

Goff conseguia achar brechas na defesa de New England para avançar com Woods. Quando Cooks ia marcar o primeiro touchdown do Super Bowl 53, Jason McCouty apareceu para dar um tapinha em seu braço e evitar a recepção na endzone.

Numa terceira descida para sete jardas, a defesa dos Patriots engoliu Goff. Greg Zuerlein empatou o jogo em 3 a 3 após um FG de 53 jardas. Nunca antes na história do Super Bowl um jogo tinha chegado ao último quarto sem um TD.


Quinze minutos finais. Tudo ou nada. Em jogo, o troféu Vince Lombardi. E Tom Brady adora o quarto período. Ele achou Gronkowski num passe preciso de 29 jardas para deixar os Patriots a dois passos da endzone. Sony Michel só teve o trabalho de correr para marcar o primeiro TD do jogo - 10 a 3. A torcida foi à loucura no estádio.

Para alegrar ainda mais os fãs dos Pats, Stephon Gilmore interceptou Goff na linha de quatro jardas, quando os Rams estavam bem perto de empatar. O adversário de Los Angeles agora era o cronômetro. Só que a experiência falou mais alto. Brady administrou o tempo com boas corridas de Michel e Burkhead e avançou até a linha de 24 jardas para Gostkowski fazer 13 x 3.

No relógio, apenas 1min12s. Os Rams precisavam marcar duas vezes para tirar a diferença. O time bem que tentou. Chegou a chutar um field goal, mas Zuerlein errou. Fim de papo, Patriots 13 x 3 Rams.


Globo Esporte/Liberdade FM - Foto - Divulgação

04/02/2019/ 09:45:44
Outras Notícias
  • Perícia indica pagamentos de R$ 1,4 milhão da Odebrecht a Maia e ao pai, diz PGR
Perícia indica pagamentos de R$ 1,4 milhão da Odebrecht a Maia e ao pai, diz PGR
12/04/2019/ 08:42:05

Uma perícia feita nos sistemas internos da Odebrecht de registro de pagamento de propina mostraram execuções de pagamentos no valor de R$ 1,4 milhão a codinomes atribuídos ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e ao pai dele, o ex-prefeito do Rio e vereador César Maia (DEM).Segundo delatores, Rodrigo Maia e...

  • 18 medidas foram assinadas por Bolsonaro; saiba quais são
18 medidas foram assinadas por Bolsonaro; saiba quais são
12/04/2019/ 08:39:19

O presidente Jair Bolsonaro anunciou, nesta quinta-feira (11), 18 decretos e projetos relacionados às metas dos 100 primeiros dias do governo. A marca foi celebrada em cerimônia no Palácio do Planalto, na qual o presidente disse ter cumprido as 35 metas propostas por ele no início do mandato.Veja todo...

  • Por ordem de Bolsonaro, Petrobras desiste de aumentar preço do diesel
Por ordem de Bolsonaro, Petrobras desiste de aumentar preço do diesel
12/04/2019/ 08:36:36

A Petrobras desistiu na noite desta quinta-feira (11) do aumento do preço do diesel nas refinarias anunciado mais cedo. O recuo na decisão da companhia ocorreu após uma determinação do presidente Jair Bolsonaro. Para justificar a manutenção do preço, a estatal afirmou que há margem para postergar o aumento...

  • Suspeito de vender arma do massacre é vizinho de uma das vítimas
Suspeito de vender arma do massacre é vizinho de uma das vítimas
12/04/2019/ 08:35:00

A prisão de um dos suspeitos de vender a arma utilizada no massacre na Escola Estadual Professor Raul Brasil agravou ainda mais o quadro depressivo da sobrevivente Jenifer da Silva Cavalcante, de 16 anos.O mecânico de 47 anos mora no mesmo bairro da vítima do massacre. Ele foi preso na quarta-feira (1...

  • Tiroteio durante cortejo fúnebre de Nipsey Hussle deixa 1 morto
Tiroteio durante cortejo fúnebre de Nipsey Hussle deixa 1 morto
12/04/2019/ 08:33:26

Milhares de pessoas se despediram, na quinta-feira (11), em Los Angeles (Estados Unidos), do rapper Nipsey Hussle, assassinado a tiros, aos 33 anos, no dia 31 de março.O dia, que começou com a demonstração do grande respeito e carinho que a comunidade negra sentia pelo músico, terminou, no entanto, com um tirot...

  • Kim Jong-un endossa equipe de negociação com os Estados Unidos
Kim Jong-un endossa equipe de negociação com os Estados Unidos
12/04/2019/ 08:29:33

Kim Jong-un, líder da Coreia do Norte, foi reeleito presidente do principal órgão decisório do país em uma reunião parlamentar. A equipe que negocia com os Estados Unidos também foi nomeada.A escolha dos nomes que vão compor a Comissão de Assuntos do Estado aconteceu na sessão de abertura da nova Assembleia Popular ...