Noticias
Airbus pede à Justiça retomada de 4 dos 6 aviões da Avianca Brasil
  • Airbus pede à Justiça retomada de 4 dos 6 aviões da Avianca Brasil

A Airbus pediu à Justiça de São Paulo a reintegração de aeronaves em posse da Avianca Brasil por falta de pagamento. Pertencem à Airbus quatro dos seis aviões ainda usados pela companhia aérea, que está em recuperação judicial desde dezembro.

O pedido foi feito na segunda-feira (6). Ainda não há decisão, a cargo da juíza Paula da Rocha e Silva Formoso, da 36ª Vara Cível do Fórum Central.

Se a Justiça conceder a reintegração de posse, a Avianca Brasil ficará com apenas dois aviõesA frota em 2018 era superior a 40 aeronaves, mas diminuiu à medida em que os donos das aeronaves ("lessores") obtinham decisões na Justiça para retomá-las devido à inadimplência.

Aviões em uso pela Avianca Brasil

Prefixo da aeronaveModeloCapacidadeDono
PR-AVJAirbus A318120 lugaresAirbus Financial Services
PR-AVLAirbus A318120 lugaresAirbus Financial Services
PR-ONCAirbus A318120 lugaresAirbus Financial Services
PR-ONIAirbus A318120 lugaresAirbus Financial Services
PR-AVBAirbus A319132 lugaresWells Fargo
PR-AVDAirbus A319132 lugaresAircol 17

Fonte: Anac e FlightRadar24

Pedido

O pedido de reintegração de posse foi feito logo depois de a Justiça suspender o leilão dos ativos da empresa, previsto para esta terça-feira (7). A decisão atendeu a um pedido feito pela Swissport Brasil.

A empresa disse ser credora de R$ 17 milhões e alega que o plano de recuperação judicial da Avianca é baseado na transferência de slots (direitos de pouso e decolagem em certos aeroportos), o que é proibido por lei. A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) também alegou ser contrária à venda de slots como se fizessem parte do ativo da empresa.

Menos voos

A Avianca Brasil opera atualmente 37 voos diários, em média --quase o mesmo número de 2003, quando a companhia recebeu autorização para voar. A empresa opera em apenas quatro aeroportos: Brasília, Congonhas (SP), Salvador e Santos Dumont (Rio).

Milhares de voos foram cancelados desde 13 de abril; o número tem se intensificado desde então.

A atualização dos voos cancelados está na página da Avianca Brasil.

Passageiros afetados

A companhia aérea disse que tem entrado em contato com os passageiros afetados para oferecer reembolso ou opções de reacomodação.

Também informou que, se as passagens foram compradas por meio de agências ou sites de viagem, o passageiro deve entrar em contato diretamente com as empresas.

Segundo a Anac, em caso de cancelamento ou de alteração do voo por iniciativa da Avianca, o passageiro deve ter os seus direitos respeitados, disponíveis para consulta no portal da Anac na internet.

Reclamações podem ser feitas pela plataforma Consumidor.gov.br e, caso não sejam atendidas, o passageiro poderá recorrer aos órgãos do Serviço Nacional de Defesa do Consumidor.

Recuperação judicial

No início de abril, os credores aprovaram o plano de recuperação judicial da empresa.

O plano prevê a divisão da companhia em sete Unidades Produtivas Isoladas (UPIs) que serão levadas a leilão, marcado para o dia 7 de maio. Tanto a Latam Brasil quanto a Gol concordaram em fazer uma oferta no valor mínimo de US$ 70 milhões para pelo menos uma UPI e seus respectivos ativos. A Azul chegou a fazer uma oferta de compra.

Nos últimos dias, a companhia aérea também tem enfrentado uma série de problemas com operadores de aeroportos. A companhia está atrasando o pagamento de taxas aeroportuárias, o que tem levado as empresas operadores a ameaçar de suspensão de voos da companhia.

O juiz que homologou o plano de recuperação da Avianca não aceitou o pedido da aérea para que a devolução dos aviões fosse feita gradualmente, até julho. A companhia já atrasou pagamentos nos aeroportos de Guarulhos, Florianópolis, Porto Alegre, Salvador e Fortaleza.


G1/Liberdade FM - Foto - Divulgação

08/05/2019/ 10:15:14
Outras Notícias
  • Governo de Macri entra em crise após derrota em prévias
Governo de Macri entra em crise após derrota em prévias
14/08/2019/ 10:51:53

Após a derrota eleitoral sofrida pelo presidente argentino Maurício Macri, seu governo se dividiu e entrou em crise.  Reportagem da jornalista Janaína Figueiredodo jornal O Globo informa que se instalou no governo Macri um debate entre setores que defendem mudanças na campanha e outros que consideram que d...

  • Presidente do PSL critica reforma tributária defendida por Maia
Presidente do PSL critica reforma tributária defendida por Maia
14/08/2019/ 10:46:38

O presidente do PSL, deputado federal Luciano Bivar (PE), criticou nesta quarta-feira (14), em conversa com o blog, as negociações para construir o texto da reforma tributária na Câmara dos Deputados.Bivar, que preside o partido do presidente Jair Bolsonaro, disse que a proposta da reforma tributária ...

  • Deputados articulam esvaziar ainda mais pacote anticrime de Moro
Deputados articulam esvaziar ainda mais pacote anticrime de Moro
14/08/2019/ 10:44:54

O grupo de trabalho da Câmara dos Deputados que analisa o pacote anticrime deve impor uma nova derrota o ministro da Justiça, Sergio Moro, nesta quarta-feira (14).Segundo o blog apurou, integrantes do grupo se articulam para retirar o chamado "excludente de ilicitude" e o "banco genético", p...

  • Catedral de Notre Dame ainda corre risco, alerta governo francês
Catedral de Notre Dame ainda corre risco, alerta governo francês
14/08/2019/ 10:42:41

A catedral de Notre Dame de Paris, que sofreu um incêndio em abril, registrou quedas de pedras durante a recente onda de calor que afetou a França e continua correndo o risco de desabamento, advertiu o governo francês nesta quarta-feira (14).O ministério da Cultura da França destacou a necessidade urgente ...

  • Dólar volta a bater R$ 4 com temor de desaceleração econômica global
Dólar volta a bater R$ 4 com temor de desaceleração econômica global
14/08/2019/ 10:41:17

O dólar opera em alta nesta quarta-feira (13), voltando a superar a barreira dos R$ 4, pressionado pelo cenário externo, com a contração da economia alemã e dados fracos industriais da China elevando os temores de uma desaceleração global, abandonando o otimismo da véspera após os Estados Unidos ...

  • Guedes quer dividir estrutura da Receita
Guedes quer dividir estrutura da Receita
14/08/2019/ 10:39:57

Brasília - O plano de governo para a Receita Federal prevê, além de transformar o órgão em uma agência ou autarquia, conforme revelado nesta terça-feira, 13, pelo Estado, dividi-lo em estruturas independentes. A avaliação na equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, é de que é preciso diminuir o poder da in...