Noticias
Deputados articulam esvaziar ainda mais pacote anticrime de Moro
  • Deputados articulam esvaziar ainda mais pacote anticrime de Moro

O grupo de trabalho da Câmara dos Deputados que analisa o pacote anticrime deve impor uma nova derrota o ministro da Justiça, Sergio Moro, nesta quarta-feira (14).

Segundo o blog apurou, integrantes do grupo se articulam para retirar o chamado "excludente de ilicitude" e o "banco genético", pontos defendidos pelo ministro (leia detalhes mais abaixo).

Na semana passada, o grupo já havia decidido retirar o chamado "plea bargain" (acordo para redução de pena) do pacote. A proposta era defendida por Moro como um dos pontos mais importantes para, segundo ele, desafogar o Poder Judiciário.

Além disso, em julho, o grupo retirou do projeto a previsão de prisão após condenação em segunda instância.

Todas essas medidas têm sido adotadas porque o pacote enfrenta resistência por parte de deputados que integram o grupo de trabalho.

Entenda

O "excludente de ilicitude" visa livrar de punição o agente de segurança que mate alguém "em conflito armado ou em risco iminente de conflito armado".

Já o banco genético retira a exigência de que o material genético seja extraído de pessoas que cometeram somente crimes com violência.

A expectativa entre parlamentares é que, nesta quarta-feira, os principais pontos do relatório levem em consideração as propostas do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), e não as de Moro. A estratégia é esvaziar a agenda do ministro da Justiça.

Direto no plenário

Deputados passaram a costurar nas últimas semanas com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), uma estratégia para eliminar a discussão em comissão especial e levar o pacote anticrime diretamente ao plenário da Câmara, acelerando a votação.

Parlamentares ouvidos pelo blog argumentam que o grupo de trabalho já funcionou como uma espécie de comissão especial.

Também nos últimos dias, deputados passaram a discutir nos bastidores se é o caso de apresentar algum projeto, ou incluir no debate, uma proposta para definir critérios para o instrumento da delação premiada.

A delação premiada foi o principal meio das investigações da Lava Jato, conduzidas por Moro, quando juiz em Curitiba, e que levou à cadeia políticos de diferentes partidos a partir de informações relatadas em colaborações premiadas. Políticos e advogados, desde então, questionam o método.


G1/Liberdade FM - Foto - Divulgação

14/08/2019/ 10:44:54
Outras Notícias
  • Ministério identifica substâncias tóxicas em 8 marcas de cervejaria
Ministério identifica substâncias tóxicas em 8 marcas de cervejaria
17/01/2020/ 09:57:51

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) afirmou na tarde desta quinta-feira (16) que identificou as substâncias dietilenoglicol e monoetilenoglicol em oito rótulos produzidos pela cervejaria Backer, de Belo Horizonte. Quatro pessoas morreram: em uma delas, a Secretaria de Estado da Saúde de...

  • Klopp revela segredos para manter Liverpool em alto nível na Inglaterra
Klopp revela segredos para manter Liverpool em alto nível na Inglaterra
17/01/2020/ 09:55:00

Jurgen Klopp tem se destacado desde sua chegada ao Liverpool, porém, nesta temporada, tem ganhado visibilidade por poder repetir um feito que apenas do Arsenal de 2003/2004 conseguiu na era da Premier League (que começou em 1992): ser campeão inglês invicto. Em entrevista para a beIN Sports ao lado de Arsene Wenger,...

  • PIB da China tem crescimento mais baixo desde 1990
PIB da China tem crescimento mais baixo desde 1990
17/01/2020/ 09:52:54

O Produto Interno Bruto (PIB) da China cresceu 6,1% em 2019, o pior resultado registrado no país desde o ano de 1990.    Os dados divulgados pelo Gabinete Nacional de Estatística (NBS) confirmam a desaceleração da segunda maior economia do planeta, alvo nos últimos anos de uma guerra comercial tr...

  • Corinthians aguarda resposta do Athletico-PR para acertar com Rony
Corinthians aguarda resposta do Athletico-PR para acertar com Rony
17/01/2020/ 09:51:37

O Corinthians negocia com o atacante Rony desde o final do ano passado. No início de janeiro houve um acerto verbal com o jogador e seu empresário, mas falta ainda o aval do Athletico-PR. O clube alvinegro pretende usar os cinco milhões de euros R$ 22 milhões) que seriam usados na contratação de Michael pa...

  • Crivella comprovou que saúde no Rio funciona, diz Bolsonaro
Crivella comprovou que saúde no Rio funciona, diz Bolsonaro
17/01/2020/ 09:48:49

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira, 16, que o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), comprovou que a saúde "funciona" na capital fluminense.Segundo Bolsonaro, o prefeito relatou em reunião nesta quarta-feira, 15, no Palácio do Planalto, que a mídia diz que há pr...

  • Google se torna 4ª empresa do mundo a valer US$ 1 trilhão
Google se torna 4ª empresa do mundo a valer US$ 1 trilhão
17/01/2020/ 09:46:40

A Alphabet, holding que controla a gigante de buscas Google, se tornou nesta quinta-feira, 14, a quarta empresa a entrar no seleto clube das companhias que alcançaram US$ 1 trilhão em valor de mercado. O feito foi atingido pela primeira vez pela gigante de buscas às 17h54 (horário de Brasília), quando...