Noticias
Polícia pede DNA às famílias para identificar vítimas de milícia no RJ
  • Polícia pede DNA às famílias para identificar vítimas de milícia no RJ

Ossadas de vítimas de uma milícia que atuava em Queimados, na Baixada Fluminense, estão sendo analisadas para identificação pela Polícia Civil do Rio. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense já pediu a duas famílias de vítimas da organização criminosa que façam exames de DNA para auxiliar no processo.

A polícia estima que pelo menos uma das vítimas que pode ser identificada em breve morreu em 2016, quando a milícia começou a atuar nos condomínios do Minha Casa Minha Vida em Queimados.

Um dos crânios encontrados estava com um aparelho dentário com uma borracha vermelha. O delegado responsável pela investigação, Leandro Costa, afirma que isso pode auxiliar na identificação.

As ossadas serão enviadas para um perito antropólogo. Pelas características encontradas, a perspectiva é de que sejam ossos de homens.

Além de roupas, chinelos e botas, foram encontrados diversos ossos humanos nos trabalhos realizados na quarta-feira e na quinta, realizados com a ajuda de uma retroescavadeira. O poço, segundo policiais, tinha profundidade estimada em até 14 metros.

Na quarta e na quinta, a polícia realizou mais uma etapa de escavações em um local onde dois corpos já haviam sido encontrados no dia 19 de julho, um deles decapitado. As vítimas foram mortas pela milícia "Caçadores de Ganso", a golpes de facão no porta-malas de um carro, poucas horas antes de uma operação que prendeu a cúpula da organização criminosa.

O perfil das vítimas do grupo segundo o delegado Moises Santana, titular da DHBF, começou com possíveis suspeitos de envolvimento com o tráfico em Queimados.

“Eles buscam matar pessoas envolvidas com crimes de roubo, traficantes. Só que nisso eles matam usuários, pessoas que andavam com usuários. Eles matam quem eles acham que tinham a ver com o crime. Eles buscavam fazer uma limpeza social”, detalhou Santana, no dia da coletiva da operação da Polícia Civil e Ministério Público.

Depois, no entanto, com o poder estabelecido nos condomínios do programa Minha Casa, Minha Vida, houve mortos por desavença, brigas por causa do envolvimento com mulheres e até mesmo por simples demonstrações de poder.

Além de roupas, chinelos e botas, foram encontrados diversos ossos humanos nos trabalhos realizados na quarta-feira e na quinta, realizados com a ajuda de uma retroescavadeira. O poço, segundo policiais, tinha profundidade estimada em até 14 metros.

Na quarta e na quinta, a polícia realizou mais uma etapa de escavações em um local onde dois corpos já haviam sido encontrados no dia 19 de julho, um deles decapitado. As vítimas foram mortas pela milícia "Caçadores de Ganso", a golpes de facão no porta-malas de um carro, poucas horas antes de uma operação que prendeu a cúpula da organização criminosa.

O perfil das vítimas do grupo segundo o delegado Moises Santana, titular da DHBF, começou com possíveis suspeitos de envolvimento com o tráfico em Queimados.

“Eles buscam matar pessoas envolvidas com crimes de roubo, traficantes. Só que nisso eles matam usuários, pessoas que andavam com usuários. Eles matam quem eles acham que tinham a ver com o crime. Eles buscavam fazer uma limpeza social”, detalhou Santana, no dia da coletiva da operação da Polícia Civil e Ministério Público.

Depois, no entanto, com o poder estabelecido nos condomínios do programa Minha Casa, Minha Vida, houve mortos por desavença, brigas por causa do envolvimento com mulheres e até mesmo por simples demonstrações de poder.


G1/Liberdade FM - Foto - Divulgação

13/09/2019/ 09:45:24
Outras Notícias
  • Times europeus fazem calendário de volta do futebol
Times europeus fazem calendário de volta do futebol
27/05/2020/ 09:52:26

Único torneio nacional entre as grandes ligas europeias que já reiniciou as atividades, a Alemanha teve nesta terça o principal clássico da Bundesliga. O Bayern de Munique venceu o Borussia Dortmund por 1 a 0, abriu 7 pontos de vantagem na liderança e, a 8 rodadas do fim da competição, deu passo importante rumo ao 8...

  • Após prorrogação, prazo de inscrições para o Enem 2020 se encerra hoje
Após prorrogação, prazo de inscrições para o Enem 2020 se encerra hoje
27/05/2020/ 09:50:10

O prazo de inscrição, que pelo cronograma inicial deveria ter sido encerrado na sexta-feira (22), foi estendido para esta quarta após apelo do Conselho Nacional dos Secretários Estaduais de Educação (Consed) devido ao impacto da pandemia do coronavírus.Com aulas suspensas em todos os estados, o Consed afirma qu...

  • Vacina da Covid-19: conheça a situação das maiores pesquisas
Vacina da Covid-19: conheça a situação das maiores pesquisas
27/05/2020/ 09:46:56

Em meio à pandemia do novo coronavírus, laboratórios e governos de todo o mundo participam da corrida por uma vacina. Dez pesquisas já estão em fase de testes no momento, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), e outras 114 continuam sendo desenvolvidas. Apesar da divulgação de alguns resultados ini...

  • Capital paulista negocia regra especial para abrir economia
Capital paulista negocia regra especial para abrir economia
27/05/2020/ 09:40:56

Os planos regionais para reabertura econômica do Estado de São Paulo, que serão apresentados nesta quarta-feira, 27, preveem retomada escalonada das atividades, conforme o risco de cada setor, em um processo que levará até oito semanas para ser finalizado, no melhor cenário, e que dependerá do aval de autoridad...

  • Cármen Lúcia e Celso de Mello rebatem ataques a magistrados
Cármen Lúcia e Celso de Mello rebatem ataques a magistrados
27/05/2020/ 09:39:33

A presidente da 2ª turma do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, e o decano da corte, Celso de Mello, rebateram ataques feitos a magistrados na última semana durante reunião do colegiado desta terça-feira.Ministros do STF têm sido alvo de críticas do presidente Jair Bolsonaro e de outros integrant...

  • França revoga hidroxicloroquina para tratamento da covid-19
França revoga hidroxicloroquina para tratamento da covid-19
27/05/2020/ 09:38:17

O governo francês cancelou nesta quarta-feira um decreto que permitia a médicos de hospitais administrar hidroxicloroquina como tratamento para pacientes que sofrem formas graves da covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus.A medida, que tem efeito imediato, é a primeira tomada por um país desde que a Organiz...