Noticias
Câmara dos Deputados argentina aprova lei de emergência alimentar
  • Câmara dos Deputados argentina aprova lei de emergência alimentar

A Câmara dos Deputados da Argentina aprovou por unanimidade na quinta-feira (12) um projeto de lei alimentar de emergência para permitir maiores recursos aos programas sociais. O texto ainda precisa ser ratificado pelo Senado.

A proposta, que prevê um aumento de 50% nos valores para programas de assistência alimentar, equivalente a cerca de 8 bilhões de pesos (cerca de R$ 547 milhões), foi apoiada por 222 deputados, uma abstenção e nenhum voto contrário.

"Estamos enfrentando um problema de fome, desnutrição e uma queda acentuada de renda", disse Daniel Arroyo, coautor do projeto e membro do partido do candidato peronista de centro-esquerda Alberto Fernández, um favorito para as eleições de 27 de outubro.

"Todos nós temos que ajudar em um contexto complicado em que muitas pessoas têm dificuldade", acrescentou ele em seu discurso.

Manifestações para provar medida

Desde quarta-feira (11), milhares de manifestantes dos movimentos sociais acamparam perto do Congresso para exigir mais atenção em programas de assistência social e em cozinhas e escolas.

A emergência econômica e social está em vigor na Argentina desde 2002, quando o país passou por sua pior crise, e deve ser renovada periodicamente. O projeto de lei atual estende a emergência até dezembro de 2022.

"O grande problema é que mantivemos a pobreza ao longo do tempo. Não temos capacidade para produzir programas econômicos", disse a deputada Graciela Camaño, da coalizão centrista do Consenso Federal.

Segundo a FAO, Venezuela, Guatemala e Argentina foram os países da América Latina onde a fome mais aumentou durante 2018

G1/Liberdade FM - Foto - Divulgação

13/09/2019/ 09:46:38
Outras Notícias
  • Maracanã vai receber a final da Copa Libertadores de 2020
Maracanã vai receber a final da Copa Libertadores de 2020
18/10/2019/ 09:57:30

- Nós vamos preparar um espetáculo também para quem não for ao jogo, com fan fests e outras atrações. Em vez das 76 mil pessoas que forem ao estádio, será uma festa para 200 mil pessoas - afirmou Wilson Witzel, governador do Rio de Janeiro e que participou do evento que definiu o Maracanã como sede.Wilson Witzel via...

  • Reino Unido e UE anunciam novo acordo para o Brexit
Reino Unido e UE anunciam novo acordo para o Brexit
18/10/2019/ 09:54:05

O Reino Unido chegou a um acordo com a União Europeia para o Brexit nesta quinta-feira,17, afirmou o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, poucas horas antes do início de uma cúpula dos líderes do bloco em Bruxelas.Separadamente, o primeiro-ministro britânico, Boris John...

  • Brasil cria 157,2 mil vagas no melhor setembro desde 2013
Brasil cria 157,2 mil vagas no melhor setembro desde 2013
18/10/2019/ 09:51:39

O Brasil criou 157.213 empregos com carteira assinada em setembro, segundo números do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quinta-feira, 17, pelo Ministério da Economia. O saldo é a diferença entre as contratações e a demissões. Em setembro, o país registrou 1.341.716 contratações e ...

  • Casa Branca admite troca de favores com governo da Ucrânia
Casa Branca admite troca de favores com governo da Ucrânia
18/10/2019/ 09:50:07

O chefe de gabinete da Casa Branca, Mick Mulvaney, admitiu nesta quinta-feira (17) que a ajuda militar dos Estados Unidos ofertada à Ucrânia teria ligação com o pedido do governo para o país europeu investigar "corrupção" atribuída a família Biden. Esta foi a primeira vez que a Casa Branca confirmou p...

  • Deputado do PSL quer criminalizar músicas
Deputado do PSL quer criminalizar músicas "ofensivas"
18/10/2019/ 09:48:39

Um projeto de lei em tramitação na Câmara dos Deputados transforma em crime com pena de até seis meses de prisão "qualquer estilo musical que contenha expressões pejorativas ou ofensivas". O texto, apresentado pelo deputado federal Charlles Evangelista (PSL-MG), enquadra para a aplicação da ...

  • Bruno Méndez e Marllon jogaram juntos pelo Corinthians por 67 minutos
Bruno Méndez e Marllon jogaram juntos pelo Corinthians por 67 minutos
18/10/2019/ 09:47:27

O Corinthians deve ter uma zaga inédita contra o Cruzeiro, neste sábado, pelo Campeonato Brasileiro. Com a suspensão de Gil e com Manoel impedido de jogar por ter vínculo com o time mineiro, Marllon e Bruno Méndez devem ser os zagueiros do Timão na 27ª rodada.A grande dificuldade será superar a f...