Noticias
Presidente eleito da Argentina de fora de encontro do Mercosul
  • Presidente eleito da Argentina de fora de encontro do Mercosul

A relação distante e de animosidade entre Jair Bolsonaro e o presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández, deve deixar o argentino fora de um encontro do Mercosul marcado para a semana que vem no Rio Grande do Sul, segundo fontes ouvidas pela BBC News Brasil.


Os presidentes dos países do bloco vão se encontrar na cidade de Bento Gonçalves, na reunião semestral do bloco e que terá Bolsonaro como anfitrião.

Os chefes de Estado do Brasil, da Argentina e do Paraguai, além da vice-presidente do Uruguai, a senadora Lucía Topolansky, encontram-se no dia 5 de dezembro para a chamada Cúpula do Vale dos Vinhedos, de acordo com a agenda oficial. Segundo a imprensa uruguaia, por questões de saúde, o presidente uruguaio Tabaré Vázquez, que conclui o mandato em março do ano que vem, não viajará para a reunião e será representado por Topolansky, esposa do ex-presidente José 'Pepe' Mujica.

A reunião marcará a última participação do presidente da Argentina, Mauricio Macri, antes que ele passe a faixa para o sucessor e opositor Alberto Fernández, no dia 10 de dezembro, cinco dias depois da reunião de cúpula do Mercosul.

Diplomatas brasileiros e argentinos e analistas ouvidos pela BBC News Brasil entendem que seria esperado que o presidente eleito da Argentina também fosse convidado para o encontro no Rio Grande do Sul.

"Seria natural que o presidente Macri convidasse seu sucessor, mas não há clima", disse à reportagem um integrante do primeiro escalão do governo Macri, sob a condição do anonimato. "Os que chegam ao poder, a partir do dia 10 de dezembro, falaram tão mal do presidente de vocês (brasileiros) e também não sinalizaram o menor interesse em participar da reunião. E, por isso, o convite não foi feito."

O convite também poderia ter partido do governo brasileiro, o que não ocorreu, disse o entrevistado.

"Farpas públicas"

Bolsonaro e Fernández trocaram farpas públicas desde a campanha eleitoral na Argentina. Dias antes da votação, o presidente brasileiro disse que a vice de Fernández, a ex-presidente Cristina Kirchner, colocaria o Mercosul em risco, e que, neste caso, os encontros poderiam ser com Paraguai e Uruguai, como chegou a reproduzir o jornal econômico El Cronista, de Buenos Aires.

Quando foi confirmada a vitória de Fernández e Cristina — vencendo Macri, que buscava a reeleição —, o presidente do Brasil disse que os argentinos tinham "votado mal" e que não daria os parabéns ao eleito. Ele já tinha dito que a vitória do opositor de Macri levaria os argentinos a copiarem os venezuelanos, buscando a fronteira brasileira.

Por sua vez, Alberto Fernández, que durante a campanha visitou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na prisão, publicou uma foto, no dia da sua eleição, pedindo "Lula Livre". E chamou o presidente brasileiro de "violento e misógino".

Bolsonaro não participará da posse do sucessor de Macri. Convidado, o ex-presidente Lula, opositor de Bolsonaro, declinou do convite, segundo assessores.

Portal Terra/Liberdade FM - Foto - Divulgação

02/12/2019/ 10:46:13
Outras Notícias
  • Ministério identifica substâncias tóxicas em 8 marcas de cervejaria
Ministério identifica substâncias tóxicas em 8 marcas de cervejaria
17/01/2020/ 09:57:51

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) afirmou na tarde desta quinta-feira (16) que identificou as substâncias dietilenoglicol e monoetilenoglicol em oito rótulos produzidos pela cervejaria Backer, de Belo Horizonte. Quatro pessoas morreram: em uma delas, a Secretaria de Estado da Saúde de...

  • Klopp revela segredos para manter Liverpool em alto nível na Inglaterra
Klopp revela segredos para manter Liverpool em alto nível na Inglaterra
17/01/2020/ 09:55:00

Jurgen Klopp tem se destacado desde sua chegada ao Liverpool, porém, nesta temporada, tem ganhado visibilidade por poder repetir um feito que apenas do Arsenal de 2003/2004 conseguiu na era da Premier League (que começou em 1992): ser campeão inglês invicto. Em entrevista para a beIN Sports ao lado de Arsene Wenger,...

  • PIB da China tem crescimento mais baixo desde 1990
PIB da China tem crescimento mais baixo desde 1990
17/01/2020/ 09:52:54

O Produto Interno Bruto (PIB) da China cresceu 6,1% em 2019, o pior resultado registrado no país desde o ano de 1990.    Os dados divulgados pelo Gabinete Nacional de Estatística (NBS) confirmam a desaceleração da segunda maior economia do planeta, alvo nos últimos anos de uma guerra comercial tr...

  • Corinthians aguarda resposta do Athletico-PR para acertar com Rony
Corinthians aguarda resposta do Athletico-PR para acertar com Rony
17/01/2020/ 09:51:37

O Corinthians negocia com o atacante Rony desde o final do ano passado. No início de janeiro houve um acerto verbal com o jogador e seu empresário, mas falta ainda o aval do Athletico-PR. O clube alvinegro pretende usar os cinco milhões de euros R$ 22 milhões) que seriam usados na contratação de Michael pa...

  • Crivella comprovou que saúde no Rio funciona, diz Bolsonaro
Crivella comprovou que saúde no Rio funciona, diz Bolsonaro
17/01/2020/ 09:48:49

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira, 16, que o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), comprovou que a saúde "funciona" na capital fluminense.Segundo Bolsonaro, o prefeito relatou em reunião nesta quarta-feira, 15, no Palácio do Planalto, que a mídia diz que há pr...

  • Google se torna 4ª empresa do mundo a valer US$ 1 trilhão
Google se torna 4ª empresa do mundo a valer US$ 1 trilhão
17/01/2020/ 09:46:40

A Alphabet, holding que controla a gigante de buscas Google, se tornou nesta quinta-feira, 14, a quarta empresa a entrar no seleto clube das companhias que alcançaram US$ 1 trilhão em valor de mercado. O feito foi atingido pela primeira vez pela gigante de buscas às 17h54 (horário de Brasília), quando...