Noticias
Maia nega 'quarentena' a Moro: 'Lei não prejudica quem já entrou na política'
  • Maia nega 'quarentena' a Moro: 'Lei não prejudica quem já entrou na política'

Em entrevista exclusiva à CNN, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), negou que uma possível "quarentena" que impeça juízes e procuradores de disputarem eleições em um período após deixarem os cargos vá afetar o ex-ministro da Justiça Sergio Moro.

Na avaliação do deputado, uma lei nesse sentido não poderia afetar quem já fez o movimento de deixar o poder Judiciário para ingressar na vida pública. "Não pretendo votar nenhuma lei que prejudique uma pessoa que já largou o Judiciário e já tomou a decisão de participar do processo político", afirma.

O tema surgiu com força nessa semana, depois de ser defendido pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, para quem a quarentena impediria juízes e procuradores de utilizarem as carreiras com o objetivo de ganhar projeção politico-eleitoral.

No mesmo dia, Maia deu declaração à imprensa sinalizando que o tema era bem visto na Câmara e poderia ser votado ainda nesse ano, valendo já para as eleições de 2022. Isso provocou uma associação com a figura de Moro, que era juiz federal até o final de 2018 e vem sendo cogitado como um possível candidato a presidente ou vice-presidente da República no próximo pleito.

Apesar da ressalva quanto ao ex-ministro, que na magistratura ganhou notoriedade na Operação Lava Jato e passou para o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) no início de 2019, o presidente da Câmara reafirmou que considera a quarentena importante. "Tem se usado sim o Estado como trampolim para projetos pessoais ou projetos eleitorais", disse.

CPI da Lava Jato

Questionado a respeito da possibilidade de o Congresso Nacional abrir uma comissão parlamentar de inquérito (CPI) para investigar a atuação da Operação Lava Jato, Rodrigo Maia defendeu a tese de que possíveis desvios de juízes e procuradores devem ser investigados pelos órgãos das próprias corporações.

"Os órgãos de controle do próprio poder Judiciário ou do Ministério Público precisam funcionar", cobrou o deputado, para quem "a solução precisa ser dada dentro do Ministério Público e não na política".

Maia disse estar com a impressão de que o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) vai tomar uma decisão a respeito. É crescente a expectativa de que o CNMP possa vir a afastar do seu cargo o coordenador da Lava Jato em Curitiba, o procurador Deltan Dallagnol.


CnnBrasil/Liberdade FM - Foto - Divulgação


31/07/2020/ 09:47:07
Outras Notícias
  • Hackers da Coreia do Norte tentaram invadir sistemas da AstraZeneca
Hackers da Coreia do Norte tentaram invadir sistemas da AstraZeneca
27/11/2020/ 11:21:03

Hackers da Coreia do Norte tentaram invadir os sistemas da farmacêutica britânica AstraZeneca nas últimas semanas, enquanto a empresa corre para desenvolver sua vacina contra o novo coronavírus, disseram duas pessoas com conhecimento do assunto.Segundo as fontes, os hackers se passaram por recrutadores no LinkedIn e...

  • Trump deixará Casa Branca se perder no colégio eleitoral
Trump deixará Casa Branca se perder no colégio eleitoral
27/11/2020/ 11:18:15

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse aos jornalistas, pela primeira vez, que deixará a Casa Branca se o democrata Joe Biden for o mais votado pelos delegados no colégio eleitoral, no próximo dia 14 de dezembro, causando uma nova derrota ao republicano além das urnas.No entanto, o mandatário voltou a ...

  • Desemprego no Brasil salta a taxa recorde de 14,6% no 3º trimestre e atinge 14,1 milhões
Desemprego no Brasil salta a taxa recorde de 14,6% no 3º trimestre e atinge 14,1 milhões
27/11/2020/ 11:13:25

O desemprego no Brasil saltou para uma nova taxa recorde de 14,6% no trimestre encerrado em setembro, afetando 14,1 milhões de pessoas, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua Mensal (PNAD Contínua), divulgada nesta sexta-feira (27) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Est...

  • CBF admite erro de comunicação no VAR em gol anulado do São Paulo contra o Ceará
CBF admite erro de comunicação no VAR em gol anulado do São Paulo contra o Ceará
27/11/2020/ 11:10:04

Nesta quinta-feira, a Comissão Nacional de Arbitragem da CBF deu o seu parecer e explicou que houve erro de comunicação no procedimento de checagem do VAR, que causou polêmica no gol anulado do São Paulo contra o Ceará, em duelo disputado nesta quarta e válido pelo Campeonato Brasileiro.Após Pablo bal...

  • Após atritos, Guedes diz que tem admiração por Campos Neto
Após atritos, Guedes diz que tem admiração por Campos Neto
27/11/2020/ 11:07:15

O ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, conversaram por telefone na manhã desta quinta-feira, 26, depois de Guedes questionar o plano de Campos Neto para recuperar credibilidade dos investidores quanto à sustentabilidade das contas públicas."Não existe eu no Minist...

  • Policiais que agrediram produtor negro em Paris são detidos
Policiais que agrediram produtor negro em Paris são detidos
27/11/2020/ 11:05:12

O crime ocorreu no último sábado (21), quando Michel Zecler, foi espancado pelos agentes dentro de seu próprio estúdio. Imagens de uma câmera de segurança mostram três policiais agredindo o produtor, mas um quarto agente envolvido na abordagem também foi detido.Os policiais alegaram que Zecler estava na rua sem másc...