Noticias
Bolsonaro defende visita de Pompeo à fronteira com Venezuela
  • Bolsonaro defende visita de Pompeo à fronteira com Venezuela

O presidente Jair Bolsonaro usou as redes sociais neste domingo, 20, para defender a visita do secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, à fronteira do Brasil com a Venezuela e as ações do governo para lidar com a imigração de venezuelanos para o País. A passagem de Pompeo pelo País na última sexta, 18, foi criticada por autoridades brasileiras, como o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e pelo ex-ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes.


"A visita do Secretário de Estado Mike Pompeo à Operação Acolhida, em Boa Vista/RR, em companhia do Ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, representa o quanto nossos países estão alinhados na busca do bem comum", escreveu Bolsonaro.


Além do Brasil, a comitiva americana visitou outros países da região amazônica, como Suriname, Colômbia e Guiana - os dois últimos, também localizados na fronteira com a Venezuela. O motivo da viagem foi pressionar o regime de Nicolás Maduro e demonstrar o alinhamento dos EUA com os países do entorno. Em Boa Vista, por exemplo, Pompeo se referiu a Maduro como "traficante de drogas", lembrando acusações que o próprio governo americano fez contra o regime chavista em março, sendo endossado pelo chanceler brasileiro, que se referiu ao governo venezuelano como "um regime criminoso, narcoterrorista."

A vinda de Pompeo foi duramente criticada por autoridades brasileiras. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou que a recepção ao secretário de Estado americano faltando apenas 46 dias para a eleição presidencial norte-americana "não condiz com a boa prática diplomática internacional e afronta as tradições de autonomia e altivez de nossas políticas externa e de defesa".

A crítica ao caráter eleitoreiro da visita de Pompeo foi acompanhada pelo ex-ministro das Relações Exteriores Aloysio Nunes, que classificou a postura brasileira como "vassalagem a um presidente-candidato". "É o caso de perguntarmos o que nos acrescenta a montagem de um palanque eleitoral para um discurso provocativo de interesse exclusivo de Donald Trump", escreveu Nunes em suas redes sociais.

Em sua publicação neste domingo, Bolsonaro ainda destacou os resultados obtidos pelo governo com a Operação Acolhida. De acordo com o presidente, 41.146 venezuelanos foram acolhidos pelo Brasil, dos quais 1,3 mil em agosto deste ano, e tiveram a oportunidade de recomeçar as suas vidas em 608 municípios brasileiros. Sem especificar precisamente o período, também disse que o Ministério da Cidadania investiu, entre março e julho, R$ 80 milhões em ações sociais e assistenciais e inclusão econômica para os venezuelanos migrados ao País.

O presidente ainda parabenizou o presidente americano, Donald Trump, por sua "determinação de seguir trabalhando, junto com o Brasil e outros países, para restaurar a democracia na Venezuela". O post no Twitter aparece com uma foto de Trump cumprimentando Bolsonaro durante a 14ª Cúpula do G20, realizada em Osaka, Japão, em junho do ano passado.

Portal Terra/Liberdade FM - Foto - Divulgação

21/09/2020/ 09:37:45
Outras Notícias
  • O que ocorre se Trump e Biden empatarem no Colégio Eleitoral?
O que ocorre se Trump e Biden empatarem no Colégio Eleitoral?
26/10/2020/ 12:47:46

Num país em que o ambiente político está polarizado ao extremo, o número 269 equivale para os americanos ao cenário de um pesadelo — ou seja, democratas e republicanos saem empatados com a mesma fração de delegados no Colégio Eleitoral.As pesquisas têm indicado uma vantagem estável para Joe Biden sobr...

  • Ministro afirma que Cristiano Ronaldo é investigado por quebra de protocolo
Ministro afirma que Cristiano Ronaldo é investigado por quebra de protocolo
26/10/2020/ 12:44:28

O ministro dos Esportes da Itália, Vincenzo Spadafora, voltou a criticar Cristiano Ronaldo, que se recupera do coronavírus. De acordo com ele, o craque da Juventus violou os protocolos sanitários para evitar a propagação da doença ao se apresentar à seleção de Portugal na última Data Fifa, retornando ao país infecta...

  • Deputados articulam projeto para destravar reformas e PEC da 2ª instância
Deputados articulam projeto para destravar reformas e PEC da 2ª instância
26/10/2020/ 12:42:03

Lideranças partidárias na Câmara dos Deputados articulam a votação de um projeto de resolução para autorizar o retorno dos trabalhos das chamadas comissões especiais na Casa.Esses colegiados apreciam o mérito de matérias importantes, como propostas de emenda à Constituição (PECs), mas estavam suspensos dur...

  • Bolsonaro se irrita com cobrança sobre o preço alto do arroz
Bolsonaro se irrita com cobrança sobre o preço alto do arroz
26/10/2020/ 12:39:35

Durante passeio de moto em Brasília neste domingo, 25, o presidente Jair Bolsonaro irritou-se com o pedido de um homem, não identificado, sobre o preço do arroz. O chefe do Executivo fez um passeio hoje por regiões do Distrito Federal acompanhado dos ministros Luiz Eduardo Ramos, da Secretaria de Governo, e Braga Ne...

  • Brasil gasta mais na pandemia e fica pior que emergentes
Brasil gasta mais na pandemia e fica pior que emergentes
26/10/2020/ 12:37:25

O Brasil vai terminar 2020 com a pior situação fiscal entre os maiores países emergentes. Com condições desafiadoras tanto em relação às despesas quanto ao crescimento, o País gastou mais para combater a crise causada pela pandemia de covid-19, o que levou sua dívida para quase o dobro da média desses mercados. A fa...

  • Empresa da família de vice de Bruno Covas recebeu R$ 50 mil
Empresa da família de vice de Bruno Covas recebeu R$ 50 mil
26/10/2020/ 12:35:38

Uma empresa da família do candidato a vice-prefeito da chapa de Bruno Covas (PSDB), Ricardo Nunes (MDB), recebeu R$ 50 mil de creches conveniadas com a Prefeitura, para prestação de serviços sem licitação no ano passado. As creches são dirigidas por aliados políticos do candidato, que é vereador desde 2012.A empresa...